Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

O que é uma alíquota?

Por Camila SilveiraPublicado em

Apesar do termo alíquota não ser muito popular entre os brasileiros, ele está presente sempre quando falamos de impostos. Neste artigo, você vai entender o que esse conceito significa, para o que ele serve e, também, conhecerá suas categorias. Ficou interessado? Continue a leitura e esclareça todas as suas dúvidas.

O que é uma alíquota?

De forma resumida, a alíquota: está presente no Imposto de Renda (IR); afeta o preço dos produtos que os consumidores compram em lojas e supermercados; e regula os investimentos que as pessoas fazem com o dinheiro. Em outras palavras, ela é usada para calcular o valor final que uma pessoa ou empresa pagará de imposto.

A alíquota pode ser representada por um percentual ou valor fixo, que deve ser aplicado sobre uma quantia de dinheiro no momento de calcular diversos tipos de impostos.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

No Brasil, temos o IRPF, ICMS, IPVA, IPTU, entre outros. Enquanto alguns deles passam pelo consumidor, outros passam por donos de empresas e terras. Cada um deles possui suas próprias alíquotas.

No caso do Imposto de Renda, as alíquotas podem variar entre 7,5% e 27,5%. Isso quer dizer, portanto, que o percentual a ser descontado dos seus rendimentos do ano poderá ser entre esses valores citados. 

Já no caso do ICMS, imposto pago por comerciantes, as alíquotas cobradas influenciam diretamente o preço final dos produtos disponíveis para o consumidor (pessoa física). Conseguiu entender melhor o que uma alíquota representa?

Conheça os tipos de alíquota

As alíquotas de impostos podem ser fixas ou variáveis. Entenda detalhadamente suas categorias e esclareça suas dúvidas:

  • Fixa: quando aplicada a todos os contribuintes, sem critérios que os diferencie;
  • Variável: quando muda de acordo com a base de cálculo.

A alíquota pode ser também progressiva, ou seja, que aumenta proporcionalmente de acordo com a base de cálculo (quanto maior a renda, posse ou base de cálculo, maior será a alíquota). Existe outro caso em que a alíquota pode ser zero, ou seja, momento em que há a isenção do imposto.

Descomplicamos?

Esperamos ter ajudado você com esse conteúdo. Em caso de dúvidas ou sugestões, deixe um comentário para nós e até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Camila Silveira

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, adora descomplicar os cartões de crédito, empréstimos, financiamentos, seguros, contas digitais, entre outros. Boa parte do seu trabalho é acompanhar a movimentação dos bancos e instituições financeiras para trazer as principais notícias do mercado.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Aneel aciona bandeira vermelha em patamar 2 e impacta economia brasileira

Organizze: veja o passo a passo de como usar o aplicativo para controlar suas finanças

Cashback: guia completo

Dia dos namorados: como economizar?

5 dicas para você cuidar do seu dinheiro e gastar sem culpa

5 contas digitais gratuitas que oferecem empréstimo

Dia dos Namorados: planejamento financeiro em conjunto

Está apertado? Confira como fazer um empréstimo seguro!