Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

O que são cotas de franquias?

Por Janaína TavaresPublicado em

Abrir uma franquia pode ser a oportunidade certa para que você consiga investir e crescer como franqueado de alguma marca do mercado. Mas, como o modelo de franchising possui regras próprias, você precisa entender o que são as cotas de franquias e por que elas são perigosas para o sucesso do seu negócio.

O que é uma franquia?

Antes de descobrir como as cotas de franquias podem ser prejudiciais, você precisa ter em mente que uma franquia é um modelo de negócio.

Uma das principais diferenças desse para outros modelos de negócio existentes é que a franquia se caracteriza por ser um sistema de sucesso. Em outras palavras, ele já foi testado e pode ser replicado por um franqueado que é treinado pelo dono da marca.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Na prática, uma franquia funciona da seguinte maneira:

  • A operação da unidade franqueada será feira por um terceiro que receberá todo o conhecimento necessário para conseguir operar a marca em uma determinada região, desde que ele pague a taxa de franquia e royalties.

Vale destacar ainda que essa operação precisa, obrigatoriamente, ser feita por uma pessoa que não seja o criador da marca. Portanto, se esse modelo de negócio não tiver a gestão de um terceiro, ele é considerado como uma filial.

As cotas de franquias são ilegais?

A partir do momento que você escolhe a marca para se tornar um franqueado, receberá uma Circular de Oferta de Franquia (COF) e vai passar por um processo de seleção.

Assim que assinar o contrato, você vai passar por um treinamento e será acompanhado constantemente pela marca.

Caso opte por desistir desse modelo de negócio, você não está autorizado a revender a unidade franqueada, já que ela só pode ser revendida para alguém que tenha passado por esse mesmo processo que descrevemos acima.

Sendo assim, a venda de porcentagens do negócio (cotas de franquias) sem a autorização da marca franqueadora, é um repasse ilegal.

É possível ser investidor de uma franquia?

Você já sabe agora que as cotas de franquias são ilegais, mas isso não significa que a franquia não possa ter investidores.

Dentro da lei, é possível ser um sócio-investidor, ou seja, um investidor que não realiza a operação da franquia. Com isso, quem deve operar diretamente o ponto é o sócio-operador (franqueado).

Isso quer dizer que a franquia sempre terá que ser operada por um terceiro para se enquadrar dentro do modelo de franchising.

Dica: se você quer estar cada vez mais preparado para ser um franqueado, é importante consultar as orientações da Associação Brasileira de Franchising (ABF).

Conteúdos úteis para você

Vale a pena continuar sua jornada com a gente e ficar por dentro de outros artigos que podem ser essenciais nesse momento:

Descomplicamos?

Esperamos ter ajudado você. Qualquer dúvida a respeito das cotas de franquias, envie sua pergunta para que possamos responder. Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Janaína Tavares

Jornalista e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, a Janaína (ou Jana). Como redatora, ama os conteúdos sobre dicas financeiras. Preza pela checagem de todas as informações e o conteúdo perfeito para ela, é aquele que ajuda o leitor a resolver um problema, ensinando e orientando o leitor a tomar a melhor decisão.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Pix: saiba o que você já pode pagar utilizando esse sistema

Viagem dos sonhos: como se organizar e juntar dinheiro?

Instagram como ferramenta de negócios: guia completo

Como recarregar Bilhete Único pelo celular?

PicPay: como fazer cobranças pelo aplicativo?

Caixa abre 10 mil vagas de emprego para concursados, estagiários e aprendizes

Open Banking ou Open Finance: o que você precisa saber sobre esses sistemas

Não consegue guardar dinheiro? Conheça a “poupança por assinatura”