Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Open banking: BC define dados que precisam ser detalhados na fase 4

Por Thais SouzaPublicado em

A quarta fase do Open Banking está com início marcado para o dia 15 de dezembro e o Banco Central (BC) já definiu os produtos e serviços cujos dados farão parte do escopo mínimo de compartilhamento de informações. Confira quais são eles.

Quarta fase do Open Banking: o que deve ser compartilhado?

O Open Banking entra para a quarta fase no dia 15 de dezembro de 2021. Nesta etapa, as instituições financeiras terão que compartilhar dados sobre investimentos, serviços relacionados a câmbio, credenciamento, seguros e previdência.

Até então, não estavam definidos quais produtos e serviços dessas categorias que, de fato, iriam ser compartilhados. Porém, no dia 9 de setembro, por meio da resolução BCB Nº 138, o Banco Central publicou os dados dos seguintes produtos que foram incluídos no escopo mínimo da fase quatro:

  • Certificado de Depósito Bancário (CDB);
  • Recibo de Depósito Bancário (RDB);
  • Letras de Crédito Imobiliário (LCI);
  • Letras de Crédito do Agronegócio (LCA);
  • Cotas de fundos de investimento;
  • Títulos públicos federais disponibilizados pelo Tesouro Direto;
  • Ações;
  • Cotas de fundos de índices listados em bolsa de valores;
  • Debêntures;
  • Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI);
  • Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRA).

Além dos ativos financeiros, também farão parte da quarta fase: operações de câmbio, com dados sobre Valor Efetivo Total (VET) e taxa de câmbio; e credenciamento, que vai abranger as tarifas e taxas de serviço.

Com relação aos seguros e previdência complementar aberta, os compartilhamentos seguirão o escopo definido pela Superintendência de Seguros Privados (Susep).

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

De acordo com o Banco Central, a fase quatro, em que se inicia o compartilhamento de um conjunto de informações, além de produtos e serviços bancários tradicionais, vai marcar o início de sua migração para o Open Finance.

Fases do Open Banking

  • Fase um: compartilhamento padronizado de dados entre as próprias instituições financeiras. Início da fase em 01 de fevereiro de 2021;
  • Fase dois: compartilhamento de dados dos consumidores relacionados a produtos e serviços bancários. Início da fase em 13 de agosto de 2021;
  • Fase três: integração de serviços com início de transações de pagamentos, começando pelo Pix. Início da fase em 29 de outubro de 2021;
  • Fase quatro: compartilhamento de dados dos consumidores relacionados a serviços de câmbio, seguros, investimentos, dentre outros. Início da fase em 15 de dezembro de 2021.

Descomplicamos?

Quer saber mais detalhes sobre o sistema do Banco Central Open Banking? Confira o artigo que separamos para você:

Boa leitura e até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Thais Souza

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos relacionados a investimentos e empréstimos e acredita que esse tipo de conhecimento pode mudar a vida das pessoas. Busca impactar a vida dos usuários que buscam resolver um problema ou conhecer melhor um produto ou serviço financeiro.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Entenda o novo RG digital

Auxílio Brasil de R$ 600: confira o calendário de pagamentos em agosto

Auxílio Brasil de R$ 600: confira as mudanças no calendário de pagamentos

Horário bancário: confira o funcionamento dos bancos

Calendário PIS/PASEP 2022: quando sacar meu Abono Salarial?

BC pode dar fim aos cartões de crédito sem anuidade

Credicard muda para iti: confira as principais atualizações

PicPay: saiba como conseguir até 10% de cashback comprando crédito iFood