Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Operações com Pix superam transações com cartão de crédito e débito

Por Thais SouzaPublicado em

O Banco Central divulgou recentemente que as operações com Pix superaram as transações feitas com cartões de crédito e débito pela primeira vez. Os números são referentes ao 4º trimestre de 2021. Continue e leitura e entenda os números.

Operações com Pix superam cartão de crédito e débito

Lançado em 2020 pelo Banco Central, o sistema de pagamentos Pix veio para revolucionar a forma em que os brasileiros realizam seus pagamentos e transferências. Desde o início, muitas pessoas já se perguntavam se o Pix iria substituir as transações via TED, DOC ou cartões. 

No 4º trimestre de 2021, o Pix foi responsável por uma a cada cinco transações de pagamentos realizadas, representando 20,61% do total de pagamentos feitos no período. No terceiro trimestre do mesmo ano, o Pix representava apenas 17,15% das operações. 

Veja abaixo a distribuição dos pagamentos no 4º trimestre de 2021, quando o Pix superou o crédito e o débito:

Transações via: Porcentagem de operações
Pix 20,61%
Cartão de crédito 20,38%
Cartão de débito 19,73%
Boleto + convênio  11,81%
Cartão pré-pago 10,17%
Débito direto 9,21%
Saques 4,77%
TED 1,56%
Transferência interbancárias 1,24%
Outros (DOC, cheque, etc.) 0,51%

Em números, o Pix alcançou, ao todo, 3,89 bilhões de operações no 4º trimestre de 2021. As transações com cartão de crédito foram 3,85 bilhões, enquanto os pagamentos por meio de cartão de débito somaram 3,73 bilhões.

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

Pix parcelado: uma alternativa ao cartão de crédito? 

Apesar de não se tratar de uma iniciativa do Banco Central, alguns bancos e instituições financeiras passaram a oferecer o Pix parcelado em até 24 vezes.

Porém, antes de utilizar o serviço é importante ter muita cautela já que, na verdade, o Pix parcelado é uma espécie de empréstimo pessoal. Ao solicitar, você estará pedindo ao banco um "adiantamento" do valor da transação, que terá a cobrança de juros sobre as parcelas.

O serviço pode ser uma opção para quem não possui cartão de crédito e deseja parcelar uma compra específica. 

Leia também 

Boa leitura e até a próxima! 

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Thais Souza

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos relacionados a investimentos e empréstimos e acredita que esse tipo de conhecimento pode mudar a vida das pessoas. Busca impactar a vida dos usuários que buscam resolver um problema ou conhecer melhor um produto ou serviço financeiro.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Bandeira verde deixará a conta de luz mais barata?

PicPay Card: anuncia fim da promoção de cashback de 5%

Conheça a nova função de consulta ao score de crédito do PicPay

Falha de sistema no C6 Bank resulta em desvio de R$ 23 milhões

Nova margem consignável para empréstimos em 2022 será de até 40% do benefício

Conheça as 8 mulheres mais ricas do Brasil em 2022

4 dos 10 bancos mais rentáveis do mundo são brasileiros

Saque extraordinário do FGTS: nascidos em fevereiro poderão sacar R$ 1 mil a partir do dia 30