Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos

Organização financeira: você está se autossabotando?

Por Camila SilveiraPublicado em

Não ter controle dos gastos, comprar por impulso e gastar mais do que ganha são uns dos fatores que resultam em grandes problemas. Infelizmente, isso acontece entre muitos consumidores, mas é por isso que sempre oferecemos dicas de educação financeira. Confira cinco hábitos que podem atrapalhar suas finanças e veja se você está se autossabotando.

Organização financeira: você está se autossabotando?

1. Não se importar com pequenas quantias

Existem diversas situações em que gastamos dinheiro sem se importar com pequenas quantias e o pior de tudo: com produtos e serviços desnecessários. Na maioria das vezes, tomamos essas atitudes sem pensar, mas não deveríamos. Por exemplo, se todas as vezes que for sair você deixar de gastar R$ 5, quanto economizaria em um ano? Faça as contas.

2. Emprestar dinheiro com frequência

Ser bom é presentear amigos, familiares e até mesmo pessoas que vivem em casas de abrigos. Essa é uma atitude completamente nobre e você deve cultivar esse comportamento. Contudo, ser bonzinho e sempre emprestar dinheiro para aquele amigo que nunca devolve, é muito prejudicial para a saúde financeira. Sendo assim, procure evitar esse tipo de hábito, combinado?

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

3. Sempre ter dinheiro na carteira

Desde o momento em que as pessoas saem com dinheiro na carteira, elas estão se autossabotando. É claro que esse hábito aumenta as tentações e, muito provavelmente, você já passou por isso. 

Quem nunca foi para algum lugar sem a intenção de comprar nada e acabou levando algum produto por ter dinheiro na carteira? Acreditamos que muitas pessoas já passaram por essa situação. Pode parecer bobagem, mas esse é um dos principais hábitos que destroem as finanças pessoais.

4. Não saber dizer "não"

Esse hábito prejudica muito a saúde financeira de diversas pessoas, principalmente aquelas que têm crianças e filhos em casa. Saiba que sempre vão existir situações em que você vai precisar dizer "não" e será essa atitude que vai salvar a sua vida financeira. 

5. Prestar mais atenção nas parcelas do que no valor total

Querer comprar aquele eletrodoméstico tão desejado por apenas R$ 99 mensais pode parecer a melhor aquisição. Mas, o que muitas pessoas não sabem é que a maioria dos parcelamentos possuem juros e que o valor total, muitas vezes, sai bem mais barato.

No entanto, é sempre importante estudar todos os casos, saber se o parcelamento da compra vai afetar as suas finanças naquele momento e, por fim, escolher a melhor opção de acordo com as suas necessidades financeiras! 

E aí, você está se autossabotando? 

Esperamos ter ajudado você com o nosso conteúdo. Restou alguma dúvida? Deixe um comentário para nós e até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Camila Silveira

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, adora descomplicar os cartões de crédito, empréstimos, financiamentos, seguros, contas digitais, entre outros. Boa parte do seu trabalho é acompanhar a movimentação dos bancos e instituições financeiras para trazer as principais notícias do mercado.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

O que é Serasa Premium

O que é Serasa eCred

Calendário financeiro: como planejar e organizar as despesas

Serasa score: como consultar e aumentar a sua pontuação

Metas para 2021: como se organizar financeiramente

O score de crédito da Foregon é confiável?

Como consultar o score de crédito na Foregon?

Por que a pontuação da Foregon é diferente do score da Serasa?