Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Passo a passo para antecipar o pagamento do Auxílio Emergencial

Por Janaína TavaresPublicado em

A Caixa Econômica Federal liberou no dia 13 de janeiro de 2021, os saques e transferências referentes às últimas do Auxílio Emergencial para novo grupo (aniversariantes de junho que não são do Bolsa Família). Contudo, para sacar o valor do benefício, é necessário respeitar o calendário lançada por essa instituição financeira.

Mas você sabia que existe uma forma simples de antecipar o pagamento do Auxílio Emergencial? Basta apenas ter uma conta em um banco digital. Por isso, logo abaixo, vamos explicar detalhadamente para você como funciona o processo de conseguir sacar o benefício antecipadamente.

Como antecipar o saque do Auxílio Emergencial?

Se você está precisando do dinheiro para pagar alguma conta urgente, cobrir alguma despesa ou simplesmente transferir para uma conta pessoal, saiba que é possível antecipar o pagamento desse benefício.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Portanto, o que você deve fazer na prática seria basicamente utilizar sua conta digital para fazer um depósito por boleto. Ou seja, gerar um boleto pelo aplicativo do banco digital que poderá ser pago pela Poupança Social Digital no aplicativo Caixa Tem (iOS e Android).

Assim que o boleto bancário for pago, ele será compensado. Com isso, seu dinheiro já estará na sua conta. Feito isso, você poderá sacá-lo nos caixas 24h ou transferir o valor para uma conta em algum outro banco físico e sacar o dinheiro quando você quiser.

Passo a passo para antecipar o pagamento do Auxílio Emergencial

  1. No aplicativo do seu banco digital, opte por fazer um depósito por boleto;
  2. Em seguida, informe o valor que você quer transferir da poupança social para a conta do banco digital;
  3. Confirme as informações que você digitou;
  4. Agora, o boleto será gerado;
  5. Depois de concluir essa etapa, abra o App Caixa Tem e opte por "Realizar Pagamentos";
  6. Após isso, digite o código de barras do boleto gerado e confirme a operação;

Importante: na hora de realizar o saque da sua conta digital, confira se o seu banco cobra alguma tarifa para saques. Bancos como Nubank e Original cobram, por exemplo, R$ 6.50 e R$ 1,90 por saque respectivamente.

Confira o calendário de pagamentos do Auxílio Emergencial

Como dissemos, a Caixa liberou recentemente os saques e transferências das últimas parcelas do Auxílio Emergencial para os aniversariantes de junho que não são beneficiários do Bolsa Família.

Esse grupo já tinha recebido os dois últimos depósitos no aplicativo Caixa Tem nos dias 30 de novembro e em 18 de dezembro de 2020. Confira, a seguir, o calendário completo:

Mês de aniversário Depósito do ciclo 5 Depósito do ciclo 6 Datas de saques
Janeiro 22 de novembro 13 de dezembro 19 de dezembro
Fevereiro 23 de novembro 13 de dezembro 19 de dezembro
Março 25 de novembro 14 de dezembro 04 de janeiro
Abril 27 de novembro 16 de dezembro 06 de janeiro
Maio 29 de novembro 17 de dezembro 11 de janeiro
Junho 30 de novembro 18 de dezembro 13 de janeiro
Julho 02 de dezembro 20 de dezembro 15 de janeiro
Agosto 04 de dezembro 20 de dezembro 18 de janeiro
Setembro 06 de dezembro 21 de dezembro 20 de janeiro
Outubro 09 de dezembro 23 de dezembro 22 de janeiro
Novembro  11 de dezembro 28 de dezembro 25 de janeiro
Dezembro 12 de dezembro 29 de dezembro 27 de janeiro

Beneficiários do Bolsa Família

Todos os beneficiários do Bolsa Família receberam a parcela do Auxílio Emergencial entre 10 e 23 de dezembro de 2020. Vale ressaltar que essa parcela pode ser sacada utilizando:

Importante: já que o auxílio não foi prorrogado para 2021, os beneficiários voltam a receber o valor do Bolsa Família a partir de 18 de janeiro.

Qual é o número total de parcelas do Auxílio Emergencial?

  • Beneficiários que receberam a 1ª parcela em abril: nove parcelas;
  • Beneficiários que receberam a 1ª parcela em maio: oito parcelas;
  • Beneficiários que receberam a 1ª parcela em junho: sete parcelas;
  • Beneficiários que receberam a 1ª parcela em julho: seis parcelas;
  • Beneficiários que receberam a 1ª parcela a partir de agosto: cinco parcelas.

As mulheres consideradas chefes de família tiveram direito a duas cotas. Isso significa que as cinco primeiras parcelas foram de R$ 1.200, enquanto as últimas foram no valor de R$ 600.

Observação: o máximo de parcelas a receber são nove, sendo as cinco primeiras de R$ 600 e as quatro últimas de R$ 300. 

Conteúdos que você precisa conhecer

Fique com a gente e aproveite para ler outros artigos que também podem ser do seu interesse:

Descomplicamos?

Gostou do nosso conteúdo? Em casos de dúvidas ou sugestões, envie sua mensagem para que possamos responder. Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Janaína Tavares

Jornalista e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, a Janaína (ou Jana). Como redatora, ama os conteúdos sobre dicas financeiras. Preza pela checagem de todas as informações e o conteúdo perfeito para ela, é aquele que ajuda o leitor a resolver um problema, ensinando e orientando o leitor a tomar a melhor decisão.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

7 aplicativos que vão te ajudar a economizar muito

Pix: saiba o que você já pode pagar utilizando esse sistema

Viagem dos sonhos: como se organizar e juntar dinheiro?

Instagram como ferramenta de negócios: guia completo

Como recarregar Bilhete Único pelo celular?

PicPay: como fazer cobranças pelo aplicativo?

Caixa abre 10 mil vagas de emprego para concursados, estagiários e aprendizes

Open Banking ou Open Finance: o que você precisa saber sobre esses sistemas