Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Pequenas empresas são responsáveis por 72% dos novos empregos no país

Por Sabrina VansellaPublicado em

De acordo com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), os pequenos negócios conseguiram, nos últimos meses, apresentar um saldo positivo de 2.094.812 empregos com carteira assinada, ou seja, são 71,8% das vagas criadas no país.

Ao comparar com as médias e grandes empresas que contrataram entre julho de 2020 e julho de 2021, foi possível notar que as pequenas empresas contrataram quase três vezes mais.

A importância das pequenas empresas

Sendo as principais geradoras de riqueza no comércio brasileiro, segundo o SEBRAE, em 2011, as micro e pequenas empresas responderam por 53,4% do PIB deste setor. Além da área do comércio, a participação delas na indústria também chegou a 22,5%.

Diante desses dados, é possível enxergar a importância do apoio aos microempresários, que impactam na economia do país e ajudam os cidadãos a entrarem ou retornarem ativamente ao mercado de trabalho.

Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), também mostraram que em junho de 2021, as micro e pequenas empresas tiveram 871.197 admissões e 654.801 desligamentos. Ou seja, houve um saldo positivo de 216.396 empregos gerados, o que equivale a 70% do total de empregos no Brasil.

Homem desconfiado com a mão no queixo
Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!
Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

No caso das médias e grandes empresas, as admissões foram de 663.993 contra 596.048 desligamentos, no total, o saldo positivo foi de 67.945 empregos, o que corresponde a 21,9% do total gerado no território nacional.

Principais setores

Ainda de acordo com o SEBRAE, o segmento de serviços foi um dos mais afetados pela pandemia da Covid-19, no entanto, foi o que mais gerou emprego. No mês de julho, as empresas criaram 87,2 mil novas vagas. No caso do comércio, as admissões chegaram a 63,2 mil, da indústria da transformação a 30,9 mil, construção civil a 26,4 mil e agropecuário a 5,9 mil.

Todos os setores das micros e pequenas empresas apresentaram resultado positivo, diferente das médias e grandes empresas que fecharam aproximadamente seis mil vagas no setor da construção civil.

Informamos?

Esperamos que essas informações tenham sido úteis. Se gostou, não esqueça de curtir. Caso tenha alguma dúvida ou sugestão, faça um comentário. Até mais!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Sabrina Vansella

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos noticiosos e sobre dicas financeiras. Procura simplificar e melhorar a qualidade de vida dos usuários e, para isso, preza por uma pesquisa assídua e uma escrita clara.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Foregon participa da 9ª edição da Conferência Anual de Startups e Empreendedorismo

Foregon Marca Presença na 6ª Edição do CX Summit

Foregon está no TOP 10 Fintech – Distrito Awards 2022

Foregon está entre as Melhores Empresas para Trabalhar GPTW – Tecnologia da Informação 2022.

Real Valoriza após Resultado das Eleições [2022]

Nubank Ultravioleta: nova Regra para Isenção de Anuidade

Prazo Para Pagamento do Pronampe é Estendido

Smiles Friday: saiba como concorrer a 1 milhão de milhas