Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos

Pfizer: teste de vacina de Covid-19 mostrou eficácia em humanos

Por Camila SilveiraPublicado em

Felizmente, a vacina experimental contra a Covid-19 produzida pela empresa farmacêutica Pfizer em parceria com a instituição de biotecnologia BioNTech apresentou eficácia em testes com humanos. No entanto, apesar de ter estimulado resposta imune dos pacientes saudáveis, a vacina também provocou efeitos colaterais, como febre em doses mais altas.

Os 45 voluntários receberam três doses da vacina. Deste total, 12 tomaram uma dose de dez microgramas, outros 12 receberam 30 microgramas, mais 12 experimentaram uma dose de 100 microgramas e nove foram tratados com a versão em placebo da vacina (substância fabricada com o objetivo de se assemelhar ao medicamento, mas que não contém princípio ativo).

Efeitos colaterais da vacina contra Covid-19

Doses altas causaram efeitos colaterais como febre, portanto, metade das pessoas que receberam 100 microgramas tiveram esse efeito colateral e, por isso, não experimentaram a segunda dose. Além disso, 8,3% dos participantes do grupo de 10 microgramas e 75% do grupo de 30 microgramas também apresentaram febre quando receberam a segunda dose.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Outro sintoma que surgiu foram os distúrbios de sono. Porém, os pesquisadores não consideraram os efeitos colaterais sérios, até porque não foi necessário recorrer às hospitalizações.

Resultados da vacina contra Covid-19

Embora a empresa não tenha divulgado as diferenças dos efeitos do medicamento por gênero, faixa etária ou etnia, a boa notícia é que ela conseguiu produzir alguns anticorpos contra a Covid-19. Portanto, é totalmente possível impedir o funcionamento do vírus, mas ainda não dá para saber se esse nível mais alto de anticorpos é realmente capaz de gerar imunidade à doença.

Outra informação interessante é que um site chamado Medrxiv anunciou que a empresa Pfizer deseja provar que quem tomou a vacina é 50% menos vulnerável ao vírus, mas para fazer isso, deverá realizar novos estudos em breve.

Próxima fase será conduzida nos Estados Unidos

Os próximos testes serão realizados nos Estados Unidos e, caso tudo ocorra bem, a empresa pretende produzir até 100 milhões de doses da vacina, até o final deste ano e mais 1,2 bilhão até o fim de 2021.

Sobre a Pfizer

A Pfizer é uma empresa farmacêutica multinacional sediada na cidade de Nova York e está presente no Brasil desde 1952. A companhia investe na descoberta de tratamentos inovadores para necessidades médicas ainda não atendidas, e desde 1948 trabalha para avançar na prevenção e tratamentos cada vez mais seguros, eficazes e de qualidade.

Gostou do conteúdo?

Esperamos ter ajudado você. Qualquer dúvida sobre a vacina contra Covid-19, deixe um comentário para nós e até a próxima! 

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Camila Silveira

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, adora descomplicar os cartões de crédito, empréstimos, financiamentos, seguros, contas digitais, entre outros. Boa parte do seu trabalho é acompanhar a movimentação dos bancos e instituições financeiras para trazer as principais notícias do mercado.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

O Auxílio Emergencial vai voltar em 2021?

Conheça o ‘Auxílio Emergencial’ para moradores da cidade de Belém

O que é necessário para receber a vacina contra o coronavírus?

Procon alerta para anúncio falso de vacina contra o covid-19

Como a pandemia afetou a economia brasileira em 2020?

Benefícios de aplicar o Auxílio Emergencial no Nubank ou Banco Inter

Réveillon 2021: festas são canceladas em diversos estados

Digitalização na pandemia: como as empresas têm investido em tecnologia?

  1. Home
  2. Conteúdo
  3. Especial coronavírus