Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Pix: BC anuncia mecanismo de reembolso em casos de erro ou fraude

Por Sabrina VansellaPublicado em

Na terça-feira (08), o Banco Central (BC) divulgou que um novo mecanismo será incrementado no processo de reembolso no Pix. A mudança, que entrará em vigor a partir do dia 16 de novembro, ficou conhecida como "Mecanismo Especial de Devolução do Pix", e padroniza os procedimentos e regras para viabilização das devoluções em casos de fraudes e erros.

Pix revolucionou a forma de pagamento no país, especialmente entre Pessoas Físicas, e por isso, os usuários levantaram questionamentos diante casos de fraudes e erros ao encaminhar o valor para o destinatário.

Por que esta função é importante?

A invenção chega para incrementar a devolução já existente, permitindo que o recebedor devolva o valor total ou parcial da transação via Pix. Mas ainda não existe uma previsão de que a devolução seja iniciada por responsabilidade da instituição financeira do usuário que recebeu a quantia, o que acaba dificultando o processo.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

"Atualmente, em uma eventual fraude ou falha operacional, as instituições envolvidas precisam estabelecer procedimentos operacionais bilaterais, de forma a efetuar as comunicações relacionadas a solicitações e recebimentos de pedidos de devoluções, dificultando o processo e aumentando o tempo necessário para que o caso seja analisado e finalizado, reduzindo a eficácia das devoluções.", afirmou o BC em nota.

Como vai funcionar o novo "Mecanismo Especial de Devolução do Pix"?

As regras que padronizam o processo estão na Resolução BCB de número 103. Com o intuito de padronizar e promover maior eficiência e velocidade ao retorno de uma transação e também reaver valores em casos de fraude.

"A instituição que efetuar uma devolução utilizando-se do mecanismo especial, precisará notificar tempestivamente o usuário quanto a realização do débito na conta. Além disso, a transação constará do extrato das movimentações". confirma a nota.

De acordo com o BC, a devolução deverá ser iniciada pela instituição financeira do usuário, por iniciativa própria ou por solicitação do banco do usuário pagador.

Informamos?

Se gostou deste conteúdo, não esqueça de clicar "like". Se tiver alguma dúvida, faça um comentário. Até em breve!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Sabrina Vansella

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos noticiosos e sobre dicas financeiras. Procura simplificar e melhorar a qualidade de vida dos usuários e, para isso, preza por uma pesquisa assídua e uma escrita clara.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Netflix altera preço da assinatura: confira os novos valores

Junção de Open Banking com Pix: tudo o que você precisa saber

Oportunidade: WTK Agro oferece 400 vagas de emprego

banQi pode liberar empréstimo pessoal para negativados e desbancarizados; entenda

Por que o Brasil sofre um aumento no preço do combustível?

Banco Bradesco eleva taxa de juros do financiamento imobiliário: saiba mais

Reforma Tributária: vale-refeição e vale-alimentação estão em risco?

Alto Tietê reúne mais de 480 vagas de emprego; confira