Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

PIX: buscas pelo termo aumentaram em 426% nos últimos 12 meses

Por Janaína TavaresPublicado em

O PIX é o mais novo sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central (BC) e, desde quando foi anunciado no Brasil, ele vem gerando diversas dúvidas entre os brasileiros.

Isso é algo que está refletindo no comportamento das pessoas na internet, já que as buscas por esse termo cresceram em 426% nos últimos 12 meses.

É o que afirma um levantamento feito pela Decode, empresa de pesquisa de big data e inteligência de mercado. Por isso, para saber mais detalhes desse assunto, acompanhe a leitura do nosso artigo.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Aumento das buscas na internet sobre o PIX

De acordo com o estudo, os cidadãos estão utilizando mais a internet para se informar a respeito dessa nova forma de pagamento.

Além disso, a Decode também constatou que a procura por "fim do TED e DOC" cresceu em 1.850% no Google e nos comentário neutros do Twitter nos últimos 12 meses.

Vale lembrar ainda que esse é o novo sistema que permitirá as transações de dinheiro e pagamentos sem custo, em qualquer dia e horário.

Com isso, outros recursos já conhecidos entre a população, como o TED e DOC, podem perder espaço no mercado.

Quantas chaves já foram registradas no PIX?

O registro oficial das chaves do PIX começou no dia 5 de outubro. Apenas nesse dia, mais de 3,5 milhões de chaves foram cadastradas em 677 bancos, fintechs, dentre outras instituições financeiras.

Já no dia seguinte, 6 de outubro, o Banco Central divulgou em uma rede social que o sistema instantâneo de pagamentos no Brasil alcançou 10.148.629 de chaves registradas.

Para que serve o PIX?

Este sistema de pagamentos instantâneos terá, como um dos principais objetivos, incentivar uma maior competição entre as instituições financeiras.

Dessa forma, os cidadãos poderão fazer transferências bancárias 24 horas por dia nos 365 dias do ano.

Sendo assim, para usufruir dessa e mais vantagens, você precisa realizar o cadastramento das suas chaves nos bancos em que você é cliente. Para fazer isso, só será necessário informar um número de telefone celular, CPF, CNPJ ou e-mail.

Conteúdos que você precisa conhecer

Se você quer ter acesso aos melhores conteúdos sobre o PIX, continue sua jornada aqui na Foregon. Por isso, selecionamos alguns artigos para você ler:

Descomplicamos?

Gostou do nosso conteúdo? Não deixe de compartilhar essa notícia com os seu amigos e familiares. Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Janaína Tavares

Jornalista e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, a Janaína (ou Jana). Como redatora, ama os conteúdos sobre dicas financeiras. Preza pela checagem de todas as informações e o conteúdo perfeito para ela, é aquele que ajuda o leitor a resolver um problema, ensinando e orientando o leitor a tomar a melhor decisão.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Pix: confira as novas regras e saiba como elas afetam seu bolso

Clientes que cadastrarem chave Pix no Banco Inter terão cashback extra

Consumidores da Cemig podem pagar a conta de energia por Pix

Pix terá limite de R$ 1 mil para transferências feitas à noite

As vantagens e diferenças entre o Pix e o WhatsApp Pay

Pix Saque e Pix Troco: conheça as duas novas funções do Banco Central

Pix lançará novidade chamada QR Pagador: entenda detalhes

A junção de Open Banking com o Pix resultará em iniciadores de pagamentos em agosto