Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Pix: confira as novas regras e saiba como elas afetam seu bolso

Por Nara LimaPublicado em

Recentemente, o Banco Central (BC) anunciou uma série de mudanças no Pix, sistema de transações instantâneas, para tornar as operações mais seguras. Entre as novidades mais comentadas, está a limitação de transferência de R$ 1 mil no valor de operações realizadas entre 20h e 6h.

Além disso, a autoridade monetária também anunciou dois novos produtos envolvendo o Pix: o Pix Saque e o Pix Troco, que serão implementados no final de novembro. No entanto, as mudanças não param por aí e, apesar de não terem datas definidas de implementação, de acordo com o presidente do BC, Roberto Campos, elas poderão ser vistas nas próximas semanas.

Neste artigo, você vai conferir quais são as novas regras do Pix e como elas afetarão o seu bolso. Continue a leitura e aproveite!

Confira as novas medidas adotadas para realização do Pix

Limite nas transações noturnas

Foi estabelecido o limite de R$ 1 mil para operações financeiras de Pessoas Físicas e Microempreendedores Individuais (MEI) entre 20h e 6h. Essa é uma medida preventiva que visa evitar golpes, roubos e sequestros.

Segundo o Banco Central, transferências entre o mesmo banco, cartões de débito e TEDs também estão sujeitos à nova regra.

Pedidos de aumento do limite

Se o usuário desejar fazer uma transferência acima de R$ 1 mil no horário citado anteriormente, será preciso fazer um pedido via canal digital. O tempo mínimo para que sua instituição aprove a solicitação varia entre 24h e 48h.

Nesse caso, assim como em todos os outros, o principal objetivo é reduzir situações de risco. Vale reforçar que essa regra também é válida para TED, DOC, transferências entre bancos, boleto e cartão de débito.

Cadastro de contas 

Caso necessário, contas especificadas poderão receber Pix com valores superiores aos R$ 1 mil durante o horário das 20h às 6h. No entanto, para que isso seja possível é necessário realizar um cadastro da mesma.

É importante frisar que o prazo mínimo para aprovação do cadastro da conta é de 24h. Esse tempo de espera foi imposto para evitar o cadastramento imediato em uma situação de risco como assalto ou sequestro.

Bloqueios temporários e consultas

Os usuários do Pix poderão ter operações retidas por 30 minutos durante o dia e 1 hora no período da noite para análise de risco. Além disso, as instituições reguladas devem manter controles adicionais sobre fraudes, com reporte para o Comitê de Auditoria e para o Conselho de Administração, bem como manter à disposição do Banco Central tais informações.

Compartilhamento de informações

Essa regra determina que empresas de pagamentos eletrônicos compartilhem com autoridades de segurança pública informações a respeito de transações suspeitas de envolvimento com atividades criminosas.

Outro ponto importante é que será exigido o histórico comportamental e de crédito de cada indivíduo, quando necessário, para que empresas possam antecipar recebíveis de cartões com pagamento no mesmo dia, reduzindo a ocorrência de fraudes.

Pix Saque e Pix Troco

O Banco Central anunciou em 2 de setembro dois novos produtos do Pix. Ambos serão implementados em 29 de novembro e, tal como as mudanças anteriores, terão limitação de valor: R$ 500 durante o dia e R$ 100 entre 20h e 6h.

O Pix Saque funcionará de forma semelhante a um saque bancário tradicional. Você pode conferir detalhes da novidade através do nosso artigo: Pix Saque e Pix Troco: conheça as duas novas funções do Banco Central

Descomplicamos?

Esperamos que esse conteúdo te ajude a entender um pouco mais sobre o que muda e não muda em relação ao Pix. Em caso de dúvidas ou sugestões, deixe seu comentário aqui embaixo!

Nos vemos em breve!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Nara Lima

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, gosta de escrever sobre educação financeira. Preza pela facilidade da leitura e pela checagem das informações, buscando produzir um conteúdo de leitura simplificada e que sane as dúvidas do leitor.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Golpes com Pix: instituições financeiras criam seguro para proteger clientes

Pix: ocorre o primeiro vazamento das chaves no país

QR Code estático e QR Code dinâmico: qual é a diferença entre os dois?

Pix: da facilidade nas transações ao crescimento nos golpes e mudança nas regras

Quem é responsável pelos prejuízos causados pelos golpes do Pix?

Pix: novas medidas devem ser implementadas para garantir segurança aos usuários

Pix: bancos têm até dia 4 para limitar transações noturnas a R$ 1 mil

Pix: confira as novas regras e saiba como elas afetam seu bolso