Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Pix está na mira de criminosos que aplicam golpes de phishing

Por Camila SilveiraPublicado em

Ao mesmo tempo em que o Pix, novo sistema de pagamentos instantâneo do Banco Central, traz muitas vantagens para o dia a dia da população brasileira, ele está sendo motivo de preocupação. Afinal, a plataforma está na mira de diversos criminosos que aplicam golpes de phishing. Saiba mais e esclareça as suas dúvidas.

De acordo com uma reportagem do G1, uma vítima acabou perdendo R$ 4.500 depois de ter conversado com uma pessoa que se passou por um funcionário do setor de segurança da Caixa Econômica Federal. A ligação ocorreu enquanto a mulher realizava o cadastro de sua chave no Pix.

A vítima afirmou que o golpista ofereceu orientações sobre o que ela deveria fazer para desbloquear o aplicativo e concluir o cadastro das chaves, alegando que ele estaria  cm problemas para realizar as operações remotamente.

Porém, as orientações que ele passou resultaria em uma transferência de todo o dinheiro da conta da vítima para uma outra conta, usada pelo criminoso. A vítima só percebeu que se tratava de um golpe quando a notificação do aplicativo do banco de confirmação da transação chegou em seu celular.

WhatsApp clonado pode ser intermediário para golpes com o Pix

Outras notícias de golpes que circulam na mídia nacional indicam que os criminosos também usam o velho esquema do WhatsApp clonado para aplicar golpes de phishing utilizando o novo sistema de pagamentos do Banco Central.

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

Uma mulher de 22 anos foi enganada por um golpista que clonou o WhatsApp de sua tia e, ao se passar pela familiar, ele conseguiu que a jovem transferisse R$ 1,4 mil via Pix.

"Você não se atenta, por causa da velocidade que tem essa transferência", afirmou outra vítima de um caso parecido ao programa Fala Brasil. "Perdi mais de R$ 6 mil em uma questão de 15 minutos". 

Portanto, mesmo que as operações com o Pix sejam rápidas para serem concluídas, isso acaba dificultando o trabalho da polícia de impedir as transações suspeitas.

Como evitar golpes no Pix?

As dicas para evitar esse tipo de golpe são: desconfie de mensagens de outras pessoas que peçam dinheiro pelas redes sociais ou por telefone, mesmo que sejam enviadas por números conhecidos, como os de amigos e familiares. Evite fornecer dados sensíveis, como pessoais e bancários pelo chat e não clique em links sem saber de sua real procedência.

Descomplicamos?

Esperamos ter ajudado você com esse artigo. Em caso de dúvidas ou sugestões, deixe o seu comentário para nós e até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Camila Silveira

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, adora descomplicar os cartões de crédito, empréstimos, financiamentos, seguros, contas digitais, entre outros. Boa parte do seu trabalho é acompanhar a movimentação dos bancos e instituições financeiras para trazer as principais notícias do mercado.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Pix Recorrente no Nubank: conheça o novo recurso

Como funciona o Pix? Saiba como cadastrar, transferir, pagar e mais!

Horário Pix: existem restrições para fazer a operação?

Pix não chegou? Veja o que fazer

Como receber pelo Pix: 4 formas para incluir no seu negócio

Já é possível usar o Pix internacional?

Recarga TIM com Pix, entenda

Pix com cartão de crédito: entenda como funciona