Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos

Podólogo: saiba qual é sua função e o salário esperado

Por Camila SilveiraPublicado em

Como a podologia representa a área da saúde que se ocupa do estudo e cuidado dos pés, o podólogo é o profissional responsável por prevenir e tratar problemas específicos dessa parte do corpo, como unhas encravadas, calosidades, dores, entre outros. Neste artigo, você vai descobrir quais são as principais funções desse profissional e o salário esperado.

Podólogo: saiba qual é a sua função 

Mesmo que os podólogos estudem problemas específicos dos pés, muitas alterações nessa parte do corpo indicam disfunções mais graves. Portanto, esse profissional deve estar atento a diversos sinais que podem surgir no corpo inteiro.

No tratamento, são usadas técnicas e instrumentos específicos para que o problema seja minimizado, de modo com que o paciente sinta o mínimo de dor possível.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Além disso, o profissional deve conhecer os hábitos e as informações sobre a saúde do paciente para que o tratamento seja feito de forma eficaz.

Esse profissional também tem como responsabilidade prevenir futuros problemas, indicando a forma correta de realizar a higienização dos pés e o corte das unhas, o tipo de sapatos que devem ser usados, os produtos adequados para cada pessoa e a frequência de visitas que os pacientes devem realizar ao consultório.

É comum que as pessoas confundam o trabalho desse profissional com o de uma pedicure, mas, embora ambos cuidem dos pés, eles atuam de formas diferentes.

O podólogo possui uma visão mais geral dos pés, inclinada para a promoção da saúde. Por outro lado, a pedicure tem uma função estética, para o embelezamento dos pés e das unhas.

Quando procurar um podólogo?

É necessário procurar esse profissional, quando houver:

  • Presença de calos e unhas encravadas;
  • Alterações na coloração das unhas ou na pele dos dedos;
  • Feridas, coceiras ou manchas nos pés;
  • Dores nos pés ou nos cantos das unhas;
  • Odor excessivo;
  • Dificuldade para calçar sapatos devido ao formato dos pés;
  • Problemas de saúde como artrite, diabetes ou vasculares.

Formação de um podólogo

Para se tornar esse profissional, é necessário possuir um curso, que pode ser de ensino técnico ou superior. A grade curricular geralmente inclui matérias como:

  • Fisiologia;
  • Patologia;
  • Anatomia;
  • Microbiologia;
  • Imunologia;
  • Avaliação Podológica;
  • Profilaxia Podal;
  • Procedimentos de Correção de Unhas;
  • Procedimentos de Relaxamento e Bem Estar em Podologia;
  • Ações de Promoção da Saúde e Prevenção de Podopatias;
  • Prática Profissional em Podologia.

Atuação no mercado

O mercado de trabalho é bem amplo para esse profissional, afinal, ele pode trabalhar em clínicas de saúde, clínicas especializadas, hospitais, spas, espaços de beleza, clube, hotéis, academias e realizando atendimento em domicílio.

Outra opção é a Podologia Esportiva, que é quando o profissional cuida do desempenho de atletas. Neste caso, ele poderá trabalhar com equipes esportivas, fazendo o acompanhamento de lesões, com o propósito de evitar danos permanentes nos pés, que comprometam o desempenho dos atletas.

A Podologia Laboral é outra área de atuação, que cuida dos pés de trabalhadores. O profissional que se especializa nesse segmento cuida do ambiente de trabalho e dos hábitos dos funcionários em relação à postura. Dessa forma, pode indicar o tipo de calçado adequado para eles usarem durante o trabalho, de acordo com a atividade exercida e as condições do local.

Quanto ganha um podólogo?

De acordo com a estimativa do site Vagas, a média salarial para podólogo no Brasil é de R$ 1.815 por mês. No entanto, vale ressaltar que os ganhos podem ser maiores caso o profissional tenha um escritório próprio ou também atenda em domicílios.

Descomplicamos?

Esperamos ter ajudado você com esse conteúdo. Em caso de dúvidas ou sugestões, deixe o seu comentário para nós e até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Camila Silveira

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, adora descomplicar os cartões de crédito, empréstimos, financiamentos, seguros, contas digitais, entre outros. Boa parte do seu trabalho é acompanhar a movimentação dos bancos e instituições financeiras para trazer as principais notícias do mercado.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Conheça 6 dicas para melhorar seu home office

Saiba como abrir uma conta na Binance

Google Pay: veja quais bancos possuem integração com a carteira digital

Saiba como se tornar um MEI e ter CNPJ para emitir notas

Como fazer o planejamento de um empréstimo: guia completo

Confira as 5 principais dúvidas sobre MEI

Seguro-desemprego: como é feito o pagamento do benefício?

Poupança 2021: guia completo

  1. Home
  2. Conteúdo
  3. Dicas financeiras