Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos

Quais os meios de pagamento disponíveis no mercado?

Por Banco PANPublicado em

Lojas físicas e e-commerces têm de manter o olhar atento ao mercado para oferecer os principais meios de pagamento aos seus consumidores. Primeiro, porque contribuem com uma boa experiência de compra.

Mas, de maneira complementar, são meios de garantir conveniência e flexibilidade para o cliente se decidir- pelo tipo de pagamento adequado ao seu perfil. E também agrega em segurança para que as pessoas não dependam exclusivamente do pagamento em espécie.

Veja, a seguir, quais são os meios de pagamento disponíveis, atualmente, no mercado.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

#1 Dinheiro

O varejo brasileiro ainda se mantém aquecido por conta do pagamento em dinheiro. Especialmente, as lojas físicas. Entretanto, com a chegada de outros meios de pagamento — e mais modernos — a tendência é que o consumidor e os estabelecimentos comerciais desfrutem dessa variedade.

Esse meio não deve ser desprezado porque, segundo dados de outubro de 2019 do Instituto Locomotiva, 71% dos brasileiros ainda usam dinheiro vivo como para fazer algum tipo pagamento no dia a dia. Isso se explica pelo fato de que 30% das pessoas recebem salário em espécie segundo a pesquisa.

#2 Cartão de crédito

Atualmente, é o meio de pagamento mais utilizado no Brasil — principalmente, em compras on-line, correspondendo a 82% do total de compras digitais em 2019.

Pela possibilidade de parcelamento e também por facilitar a compra imediata para o pagamento futuro, esse modelo gera comodidades múltiplas para o consumidor.

#3 Pagamento contactless

De maneira complementar à popularidade do cartão de crédito, os meios de pagamento contactless (traduzindo livremente, do inglês, significa "sem contato") estão em alta.

Tudo porque, em vez de entregar o cartão ao lojista e digitar a senha, esse método demanda apenas que a pessoa aproxime-o da maquininha, sem a necessidade de inseri-lo e de digitar senhas — esse último só é exigido em compras acima de R$ 50.

#4 Boletos

Ainda popular no País, o boleto é emitido pelo estabelecimento e encaminhado (via e-mail ou diretamente no endereço cadastrado) à pessoa com uma data de vencimento fixada.

Dessa maneira, é necessário respeitar o prazo para quitar o boleto presencialmente em Casas Lotéricas, bancos ou mesmo via internet. Para muitos consumidores, ainda é uma alternativa segura porque não exige, necessariamente, o compartilhamento de senhas e de informações pessoais de sua conta na internet.

#5 TEF

Sigla para Transferência Eletrônica de Fundos, a TEF é a transferência autorizada pelo consumidor, para que a instituição bancária direcione ao estabelecimento comercial. Assim que confirmado o recebimento do valor, o serviço ou produto fica disponível para o comprador.

Poucas compras on-line fazem uso dessa modalidade de pagamento — que tem um custo por transferência realizada —, mas é mais uma opção para quem está à procura de meios de pagamento mais seguros, ágeis e confiáveis.

#6 Sistemas de pagamento online

Com a transformação digital cada vez mais inserida no dia a dia, os meios de pagamento on-line ganharam o mercado. Hoje em dia, existem diversas plataformas que oferecem essa modalidade ao consumidor, como plataformas de pagamento populares como Moip, PagSeguro, PayPal e Pagar.me.

Entre tantos outros que fazem o intermédio da transação entre comprador e o lojista e tornam o processo rápido e flexível (já que permite diferentes meios de pagamento dentro de suas respectivas plataformas).

#7 PIX

Um dos grandes obstáculos que as instituições bancárias tradicionais enfrentam é o meio de comunicação entre elas. Atualmente, o SPB (Sistema de Pagamentos Brasileiro) faz o intermédio das transações entre os bancos. Mas, com o Pagamento Instantâneo (popular e oficialmente apelidado de PIX) isso vai mudar.

Lançado em fevereiro de 2020, mas com previsão de disponibilidade para uso em novembro, o PIX promete encerrar o período de compensação que muitos consumidores tinham de esperar. Tudo porque, com esse meio de pagamento, o sistema funciona o ano inteiro, ininterruptamente. Por exemplo, uma transferência entre contas feitas no sábado não vai precisar mais esperar até segunda-feira para aparecer na conta corrente de destino. O PIX vai funcionar 24 horas por dia, 365 dias por ano.

Para o lojista, isso também significa menos etapas, em um processo de compra, tempo de liquidação e custos associados a taxas também.

Em resumo, os pagamentos são realizados imediatamente, como numa compra online. Uma maneira tida como revolucionária para que os bancos batam de frente com as conveniências e o dinamismo dos pagamentos digitais mais utilizados, atualmente.

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Banco PAN

O Banco PAN atua com foco em pessoas físicas, ofertando crédito consignado (empréstimo e cartão de crédito), financiamento de veículos usados e motos novas, além de conta corrente digital completa, cartões de crédito e venda de seguros

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Aprenda a economizar nas contas dentro da sua casa

CPF: para que serve e como fazer?

Confira o ranking das 100 melhores cidades para se viver no Brasil em 2021

Falta de planejamento financeiro pode afetar a sua saúde e qualidade de vida

Cartão Méliuz: ganhe dinheiro de volta em todas as compras

Banco Inter: saiba como ganhar cashback assistindo filmes

Reconhecimento de firma: o que é e como é feito?

Saiba como cadastrar o Google Pay no aplicativo Nubank