Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

IR 2020: quais são os rendimentos isentos e não tributáveis?

Por Thais SouzaPublicado em

O prazo para a declaração do Imposto de Renda (IR 2020) começou e a primeira coisa que você precisa saber é se você é obrigado ou não a fazer essa prestação de contas com a Receita Federal, já que é preciso estar preparado para entregar todos os documentos necessários e não correr o risco de cair na malha fina.

Pensando nisso preparamos este artigo sobre os rendimentos isentos e não tributáveis do IR 2020, fique conosco para saber mais.

Quem está isento da declaração de Imposto de Renda?

Serão obrigados a fazer a declaração do Imposto de Renda e prestar contas à Receita Federal todas as pessoas que obtiveram rendimentos tributáveis como salário ou bônus maiores que R$ 28.559.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Porém se você é pessoa física e teve rendimentos tributáveis abaixo de R$ 28.559 ou não tributáveis de até R$ 40 mil durante o ano de 2019, saiba que você está isento do IR 2020.

Mas fique atento! A isenção deverá ser solicitada através do site da Receita Federal por meio de um formulário. Preencha todas as informações necessárias e envie o documento ao Fisco.

Além disso, ficam isentas da declaração de Imposto de Renda as pessoas portadoras de doenças graves, como:

  • Tuberculose Ativa;
  • Doença de Parkinson;
  • Hepatopatia Grave;
  • Neoplasia Maligna;
  • Hanseníase;
  • Esclerose Múltipla;
  • Fibrose Cística (Mucoviscidose);
  • AIDS (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida);
  • Paralisia Irreversível e Incapacitante;
  • Espondiloartrose Anquilosante;
  • Nefropatia Grave;
  • Doença de Paget em estados avançados (Osteíte Deformante);
  • Alienação Mental;
  • Cardiopatia Grave;
  • Cegueira (inclusive monocular).

São considerados rendimentos isentos no IR 2020:

  • Rendimentos de aposentadoria ou reforma motivada por acidente em serviço.
  • Investimentos em poupança, LCA, LCI, CRA e CRI também são considerados rendimentos isentos, ou seja, você não precisa declará-los. Eles devem ser lançados como "Rendimentos Isentos e Não Tributáveis".

Em outros casos, todos devem fazer declaração de Imposto de Renda à Receita Federal.

Descomplicamos?

Se você gostou deste artigo, pode gostar também de:

Deixe seu comentário caso tenha restado alguma dúvida sobre a isenção da declaração de Imposto de Renda. Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Thais Souza

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos relacionados a investimentos e empréstimos e acredita que esse tipo de conhecimento pode mudar a vida das pessoas. Busca impactar a vida dos usuários que buscam resolver um problema ou conhecer melhor um produto ou serviço financeiro.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Pix: saiba o que você já pode pagar utilizando esse sistema

Viagem dos sonhos: como se organizar e juntar dinheiro?

Instagram como ferramenta de negócios: guia completo

Como recarregar Bilhete Único pelo celular?

PicPay: como fazer cobranças pelo aplicativo?

Caixa abre 10 mil vagas de emprego para concursados, estagiários e aprendizes

Open Banking ou Open Finance: o que você precisa saber sobre esses sistemas

Não consegue guardar dinheiro? Conheça a “poupança por assinatura”