DIFERENÇA-ENTRE-TED-DOC

Seja pelo caixa eletrônico, caixa presencial ou pela internet: você sabe qual forma de transferência escolher? O DOC (Documento de Crédito) ou TED (Transferência Eletrônica Disponível), têm diferenças, e você fica sabendo agora quais são.

Use a praticidade a seu favor. Que tal realizar transferências sem sair de casa? Ou ainda ter acesso a todos os serviços bancários na palma da sua mão? Aposte na conta digital! Assim, fazer um DOC e TED, pode ficar bem mais fácil.

Alguns dos exemplos de contas digitais são: Neon, Next ou Inter. Geralmente, elas possuem menores taxas do que os bancos tradicionais ou mesmo de graça. O Next, por exemplo, é do banco Bradesco e ainda vem acompanhada de um cartão de crédito.

O que é DOC?

Esse tipo de transferência é limitado a R$4.999,99. O valor do depósito é creditado no dia útil seguinte, para transações feitas até às 21h59. Depois desse horário, será creditado somente no segundo dia útil. Ou seja, se você transferir via DOC em uma segunda-feira, depois do horário limite, o valor só será creditado na quarta-feira.

Vale lembrar que, há a possibilidade de agendar as transações. Para finais de semana ou feriados, a regra para depósitos continua sendo a mesma. Só será creditado no dia útil seguinte.

o Doc pode ser uma boa alternativa para quem não tem pressa de transferir o dinheiro ou ainda está em dúvida sobre a transação. Isso acontece porque esse tipo de transferência pode ser cancelado pelo depositante, diferente do TED.

O que é TED?

Até o ano de 2002, havia um valor mínimo de R$5 milhões. Já em 2015, o valor foi ajustado para R$500 e, em 2016, o valor caiu para R$0,01. Ou seja, hoje pode ser transferido qualquer valor por esta modalidade.

A principal diferença entre as formas de transferências, além do valor máximo é o dia que o dinheiro é creditado na conta do beneficiário. Enquanto o DOC é creditado somente no dia seguinte, o TED, é creditado em poucos minutos.

Lembrando que, a transação deve ser feita até às 17h. Se realizada depois desse horário, o valor só será creditado no dia seguinte.

O que preciso para fazer um DOC e TED?

A maioria dos bancos permite que você faça o DOC ou a TED nas agências, no internet banking, nos postos eletrônicos de autoatendimento ou pelo aplicativo do banco.

Além disso, tanto para realizar um DOC e TED, o emitente precisa de algumas informações. Nome completo do beneficiário, CPF ou CNPJ em caso de empresas. Os dados bancários, como banco, agência e conta.

É preciso ainda, saber qual tipo de conta é, se corrente ou poupança. No entanto, sempre é bom estar por dentro de qual é o código de transferência do seu banco para não se confundir na hora de realizar essa operação:

  • Bradesco: 237;
  • Banco do Brasil: 001;
  • Caixa Econômica Federal: 104;
  • Itaú: 341;
  • Santander: 033.

Se caso você errar algum dado, o dinheiro voltará para a sua conta. Dependendo do banco, as contas poupança, podem não aceitar a transferência por DOC.

O que fazer se der algo de errado?

Geralmente, o problema pode ser sobre algum dado fornecido na operação, como número da conta ou da agência. Para resolver situações como estas, você deve entrar em contato com o banco ou ir até a sua agência e pedir orientação para o gerente sobre como resolver esse erro.

Tarifas para DOC e TED

Cada banco decide a tarifa cobrada pelos serviços da conta. Aqui, disponibilizamos para você as principais contas digitais.

Neon – Primeira transferência gratuita no mês. As demais: R$3,50

Next – Pacote básico da conta: R$9,95. Serviços ilimitados

Inter – Sem anuidade. Serviços ilimitados.

Quer conhecer outras contas digitais e saber mais sobre seus benefícios? Clique aqui. Conheça e solicite a sua.

Tem alguma dúvida ou sugestão? Deixe nos comentários!