Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Você sabe quanto custa uma separação?

Por Janaína TavaresPublicado em

Um a cada três casamentos termina em divórcio no Brasil, segundo os dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Então, se você e seu cônjuge pensam nessa possibilidade, é essencial conhecer os tipos de separação e as características de cada um.

Você sabe quanto custa uma separação?

Tipos de separação

Antes de qualquer coisa, você precisa entender que o custo da separação depende do tipo de processo e do desgaste emocional, que também influencia. Quando o divórcio é feito de forma amigável entre as duas partes, o procedimento é mais simples e rápido.

Contudo, quando é litigioso, o processo é mais complicado e pode levar anos para ser finalizado. Portanto, nossa dica é que você e seu par possam entrar num acordo. Veja os tipos de separação abaixo:

Extrajudicial

A primeira opção de divórcio é feita diretamente no cartório, sempre com o advogado responsável pelo caso. No extrajudicial, o casal já precisa ter entrado em acordo a respeito de como será realizada a divisão dos bens.

Ela pode ser uma alternativa mais cara, devido aos valores do patrimônio em comum. Porém, a modalidade pode ser mais barata no ponto de vista dos honorários com advogado.

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

Divórcio Judicial

Já nessa opção, as situações devem ser intermediadas pelo poder judiciário. Existem duas possibilidades:

Consensual: quando os pares fecham um acordo, as despesas com os honorários dos advogados e o processo saem mais em conta.

Litigioso: a opção mais cara, afinal os custos dependem do andamento do processo.

Divórcio Consensual

O custo da separação também envolve outra alternativa. Quando existe algum impasse ou questão jurídica que se relaciona com a situação dos bens, os custos com advogados tendem a crescer de maneira considerável. Assim, os honorários variam bastante.

Documentos do processo de divórcio

Agora que você já sabe quais são os tipos de divórcio, é interessante entender que a separação pode ser formalizada de maneira consensual. Isso significa que de comum acordo entre os dois lados, desde que eles não tenham filhos menores de idade, conforme a lei 11.441/2007.

Para ter uma base, esses são os documentos exigidos para a separação:

  • Certidão de casamento;
  • Documentos da aquisição dos bens compartilhados;
  • Certidão de nascimento dos filhos (se houver);
  • Pacto pré-nupcial (se houver);
  • Cópia dos documentos das duas partes.

Quanto custa um advogado nesse processo?

Aqui o importante é você pesquisar com calma e buscar referência de outras pessoas. Isso porque seu advogado precisa ser alguém que mostre credibilidade e em que você possa confiar.

Vale lembrar que desde 2007, a presença desse profissional num processo de divórcio se tornou obrigatória em todo os país. A OAB-SP, por exemplo, disponibiliza em seu site uma tabela geral de honorários advocatícios para ajudar você.

Gostou do conteúdo? Preparamos outro artigo que pode te ajudar se você quer saber como funciona a partilha da herança.

Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Janaína Tavares

Jornalista e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, a Janaína (ou Jana). Como redatora, ama os conteúdos sobre dicas financeiras. Preza pela checagem de todas as informações e o conteúdo perfeito para ela, é aquele que ajuda o leitor a resolver um problema, ensinando e orientando o leitor a tomar a melhor decisão.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Conheça 5 aplicativos que enviam dinheiro para o exterior

Quais mudanças o Open Banking traz para a nossa vida financeira?

BRL: entenda o que essa sigla significa na sua fatura do cartão

Corte 17 despesas mensais que podem se transformar em renda extra

Aplicativos para aumentar score de crédito: verdade ou mito?

Tag Itaú de passe livre em pedágios e estacionamentos: conheça e veja como solicitar

Pagar passagem de ônibus com cartão de débito ou crédito: veja como

Prêmio de 1,5 milhão do BBB: saiba quanto rende na poupança e em outros investimentos