Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos

Quarentena é ampliada até 31/05 em SP

Por Thais SouzaPublicado em

O governador do estado de São Paulo, João Dória, juntamente com o prefeito da cidade, anunciaram na última sexta-feira, 08 de maio, a ampliação da quarentena em virtude da propagação do coronavírus no estado. 

A decisão é que o isolamento social, já em vigor nos 645 municípios de São Paulo, continue até o dia 31 de maio, podendo se estender por mais tempo de acordo com a situação que o estado se encontrar ao final deste período. 

Com esta decisão, o estado de São Paulo já passa pela terceira prorrogação da quarentena, que teve início no dia 24 de março e estava prevista para terminar no dia 10 de maio. 

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

"Como governador, queria dar uma notícia diferente da que vou dar agora. Mas, o cenário é desolador. Teremos que prorrogar a quarentena até o dia 31 de maio. Queremos, sim, em breve, poder anunciar a retomada gradual da economia, como está previsto no Plano São Paulo", disse Dória na coletiva de imprensa.

Ainda segundo o governador, um estudo recente da Universidade de São Paulo (USP) apontou que, com a quarentena, 51 vidas são salvas a cada dia no estado e, até o dia 21 de maio, mais de três mil vidas serão salvas com a manutenção do isolamento. 

Somente no estado de São Paulo existem cerca de 40 mil registros de pessoas contaminadas, mais de três mil mortes e esse número vem aumentando a cada dia. "Autorizar o relaxamento agora seria colocar em risco milhares de vidas, o sistema de saúde e a recuperação econômica", completou. 

De acordo com o Plano São Paulo, estava prevista a instalação da flexibilização da quarentena a partir do dia 10 de maio, que permitiria a reabertura dos comércios em áreas verdes, definidas pela taxa de isolamento social registrada na região.

Porém, com o aumento crescente do número de casos e de óbitos, associado a um esgotamento dos leitos de terapia intensiva, essas áreas verdes se tornaram vermelhas e amarelas, impossibilitando o plano de flexibilização. 

"Nas últimas semanas, houve um desrespeito à quarentena em São Paulo e em outras partes do Brasil, e o número de casos aumentou dramaticamente.", disse Dória.

O governador espera que, com a medida de ampliação da quarentena, os casos diminuam e as taxas de isolamento atinjam o número esperado, o que evitaria a implementação de medidas de emergência, como o Lockdown.

Ficou com alguma dúvida? Deixe seu comentário que a gente descomplica para você. 

Até a próxima! 

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Thais Souza

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos relacionados a investimentos e empréstimos e acredita que esse tipo de conhecimento pode mudar a vida das pessoas. Busca impactar a vida de pessoas que buscam resolver um problema ou conhecer melhor um produto ou serviço financeiro.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

O Auxílio Emergencial vai voltar em 2021?

Conheça o ‘Auxílio Emergencial’ para moradores da cidade de Belém

O que é necessário para receber a vacina contra o coronavírus?

Procon alerta para anúncio falso de vacina contra o covid-19

Como a pandemia afetou a economia brasileira em 2020?

Benefícios de aplicar o Auxílio Emergencial no Nubank ou Banco Inter

Réveillon 2021: festas são canceladas em diversos estados

Digitalização na pandemia: como as empresas têm investido em tecnologia?

  1. Home
  2. Conteúdo
  3. Especial coronavírus