Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Quem define a Taxa Selic?

Por Thais SouzaPublicado em

Você já deve ter ouvido falar no aumento ou diminuição da Taxa Selic nos noticiários, não é mesmo? Ela é a taxa básica de juros do brasil e influencia várias operações financeiras. Mas, quem define se ela estará alta, baixa ou estável? Neste artigo vamos explicar todos os detalhes para você.

O que é Taxa Selic?

A Taxa Selic é a taxa básica de juros da economia brasileira. Ela tem um papel muito importante para o país, já que influencia todas as demais taxas de juros aplicadas. Ou seja, se ela estiver alta ou baixa, vai influenciar positiva ou negativamente nos juros de empréstimos, financiamentos e até no rendimento de investimento do mercado financeiro. 

Ela foi criada para controlar a moeda. Quando o Banco Central quer adotar uma política expansionista, estimulando o consumo e consequentemente o crescimento econômico, ele diminui os juros. Porém, esse movimento é muito cauteloso, pois se incentivar demais pode trazer o aumento de preços e o descontrole da inflação.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Quem define a Taxa Selic? 

Quem define o valor da Taxa Selic é o Comitê de Política Monetária do Banco Central, o Copom. Ela é definida a cada 45 dias, onde os membros do colegiado do BC se encontram em duas reuniões decisivas. O comitê foi criado em junho de 1996 com o objetivo de estabelecer um processo de definição da política monetária e aprimorar sua transparência.

Os membros do Copom podem diminuir, aumentar ou manter a Taxa Selic estável. Essa decisão envolve vários fatores, como: a situação da inflação no país, o dólar, dentre outros. Depois, o resultado da alteração no valor da Taxa Selic é divulgado para o mercado.

Qual o valor da Taxa Selic hoje?

O Copom decidiu manter a Taxa Selic em 2% ao ano em sua última reunião realizada em janeiro, é o patamar mais baixo da série histórica do país. A taxa básica de juros está sendo mantida a 2% desde agosto de 2020.

Porém, a partir de março isso pode mudar. A expectativa do mercado é que o Banco Central aumente em, pelo menos, 0,25 ponto percentual na Taxa Selic, tendo em vista a pressão da inflação nos últimos meses no país.

Como dito anteriormente, o Copom faz reuniões a cada 45 dias, são oito encontros por ano. O calendário do Copom para 2021 foi divulgado pelo Banco Central recentemente. Veja as datas:

  • 19 e 20 de janeiro;
  • 16 e 17 de março;
  • 4 e 5 de maio;
  • 15 e 16 de junho;
  • 3 e 4 de agosto;
  • 21 e 22 de setembro;
  • 26 e 27 de outubro;
  • 7 e 8 de dezembro.

Descomplicamos?

Esperamos que este artigo tenha esclarecido todas as suas dúvidas em relação à definição da Taxa Selic no país. Se ainda restou alguma, deixe seu comentário abaixo. Aproveite e leia também: 

Até a próxima! 

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Thais Souza

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos relacionados a investimentos e empréstimos e acredita que esse tipo de conhecimento pode mudar a vida das pessoas. Busca impactar a vida dos usuários que buscam resolver um problema ou conhecer melhor um produto ou serviço financeiro.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

PicPay compra 100% do Guiabolso com foco no open banking

Procon-SP: bancos deverão provar segurança dos aplicativos

Netflix altera preço da assinatura: confira os novos valores

Junção de Open Banking com Pix: tudo o que você precisa saber

Oportunidade: WTK Agro oferece 400 vagas de emprego

banQi pode liberar empréstimo pessoal para negativados e desbancarizados; entenda

Por que o Brasil sofre um aumento no preço do combustível?

Banco Bradesco eleva taxa de juros do financiamento imobiliário: saiba mais