Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Renda ativa e renda passiva: saiba quais são as diferenças entre os dois termos

Por Camila SilveiraPublicado em

Com a ajuda de uma boa educação financeira, é totalmente possível gerar renda ativa e passiva ao mesmo tempo. Mas afinal, você sabe o que esses dois termos significam e quais são suas diferenças entre si? Continue a leitura e esclareça todas as suas dúvidas!

O que é renda ativa?

A renda ativa, para quem não conhece, é um recurso financeiro gerado a partir de uma atividade que demanda o uso de tempo e/ou esforço.

Sabendo disso, podemos confirmar que há diversas formas de gerar renda ativa como, por exemplo, trabalhos, estágios, prestação de serviços, vendas, entre outras.

O que todas essas formas possuem em comum é que a renda gerada é proporcional ao tempo e esforço empregado nas atividades. Afinal, para gerar uma renda ativa, é fundamental realizar algum tipo de trabalho.

Geralmente, a primeira forma de renda das pessoas é justamente a renda ativa, que vem dos esforços profissionais.

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

Depois de algum tempo e com o uso da educação financeira, o indivíduo começa a estudar a possibilidade de transformar parte da sua renda ativa em renda passiva. Mas, afinal, o que é isso? Veja agora mesmo!

Diferença entre renda passiva e ativa

Como dissemos anteriormente, a renda ativa é gerada a partir de alguma atividade que demanda esforço e tempo. Por outro lado, a passiva é aquela que é gerada sem o emprego de muito tempo e esforço por parte do indivíduo.

De início, isso pode parecer confuso ou até mesmo utópico, até porque dinheiro não costuma surgir do nada, não é mesmo? No entanto, a renda passiva é gerada a partir de ativos financeiros, como investimentos, poupanças, aluguéis, entre outros ativos geradores de renda e valor.

Apesar disso, para ter uma vida financeira saudável, é essencial que o indivíduo procure gerar renda passiva e ativa ao mesmo tempo. Até certo ponto, claro, quando o interessado não estiver mais apto para trabalhar e precise se aposentar.

Renda passiva como estratégia de aposentadoria

Transformar a renda ativa em passiva é o caminho para ter mais tranquilidade financeira no futuro. Para isso, é preciso apenas adquirir ao longo da vida ativos geradores de renda, que serão a fonte da renda passiva.

Existem diversos tipos que podem ser adquiridos e que, de preferência, devem ser diversificados em relação ao risco e estilo de aplicação. Entre eles estão:

  • Ativos de Renda Fixa;
  • Ações;
  • Fundos de investimento;
  • Imóveis.

Com esses tipos de ativos, você pode, ao longo do tempo, aumentar o seu patrimônio, somando a renda gerada a partir do trabalho (ativa) à advinda dos resultados das aplicações financeiras e ativos (passiva).

Descomplicamos?

Esperamos ter ajudado você com esse conteúdo. Em caso de dúvidas ou sugestões, deixe o seu comentário para nós. Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Camila Silveira

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, adora descomplicar os cartões de crédito, empréstimos, financiamentos, seguros, contas digitais, entre outros. Boa parte do seu trabalho é acompanhar a movimentação dos bancos e instituições financeiras para trazer as principais notícias do mercado.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Corretoras de Criptomoeda: Como evitar ciladas? Veja algumas dicas

Descubra como se proteger de cobranças indevidas nas suas contas de telefone

O que é pró-rata e como calculá-lo?

5 dicas para viver com um salário mínimo

5 dicas de como ganhar dinheiro sendo estudante

Cheque: entenda o que é e conheça suas variações

Lei do Superendividamento: saiba como renegociar suas dívidas sem extrapolar seu orçamento

Como se organizar para comprar sua casa própria em 2022