Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Rescisão trabalhista: veja como calcular os custos

Por Thais SouzaPublicado em

A rescisão de contrato de trabalho é um processo delicado que envolve uma série de cálculos. Ela deve ser feita com muita cautela tanto para garantir os direitos do trabalhador, como para evitar que o empregador tenha surpresas e processos judiciais contra ele futuramente.

Para ajudá-lo nessa tarefa, separamos neste artigo algumas informações sobre como funciona a rescisão e como fazer esse cálculo.

O que é rescisão de contrato?

A rescisão do contrato trabalhista é a formalização do término do vínculo empregatício entre empresa e funcionário. Ela pode ser solicita por ambas as partes e por vários motivos.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Ao realizar a rescisão, o empregador deve ter em mente que a legislação trabalhista determina o pagamento de uma série de de despesas, como: salário, encargos, FGTS e taxas de rescisão.

Quais os custos para rescindir um contrato?

Existem vários tipos de rescisão de um contrato trabalhista e para cada um, o empregador deve se atentar aos custos. Confira:

Rescisão sem justa causa

Aqui o empregador deve pagar ao funcionário o saldo de trabalho e adicionais, seguro desemprego, multa rescisória de 40% do FGTS, férias e 13º proporcionais e aviso prévio.

Rescisão com justa causa

Quando o trabalhador é demitido por justa causa, o empregador deve pagar o saldo proporcional de trabalho e férias vencidas e adicional de um terço.

Rescisão acordada

Em casos de rescisão de contrato feita através de acordo com trabalhado e empregados, deve ser pago o saldo de trabalho até data acordada, multa rescisória de 20% do FGTS, 13º salário proporcional, metade do valor do aviso prévio e férias (vencidas, proporcionais e o abono de um terço).

Pedido de demissão com aviso prévio

Em casos de pedido de demissão do trabalhador com cumprimento de aviso prévio, o empregador deverá pagar o saldo de trabalho e adicionais, 13º salário proporcional e férias (vencidas, proporcionais e terço constitucional).

Como realizar o cálculo da rescisão?

  1. Entre no site da Mobills ou outra calculadora de rescisão; 
  2. Digite o salário bruto do trabalhador;
  3. Informe a data exata de contratação e demissão; 
  4. Selecione o motivo da rescisão do contrato; 
  5. Informe a situação do aviso prévio, férias anteriores e saldo do FGTS; 
  6. Clique em calcular. 

A partir desses dados você terá o cálculo exato de quanto terá que pagar ao trabalhador pela rescisão do contrato trabalhista. 

Descomplicamos?

Deixe seu comentário caso tenha restado alguma dúvida sobre a rescisão de contrato trabalhista e seu cálculo. Até a próxima! 

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Thais Souza

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos relacionados a investimentos e empréstimos e acredita que esse tipo de conhecimento pode mudar a vida das pessoas. Busca impactar a vida dos usuários que buscam resolver um problema ou conhecer melhor um produto ou serviço financeiro.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Aneel aciona bandeira vermelha em patamar 2 e impacta economia brasileira

Organizze: veja o passo a passo de como usar o aplicativo para controlar suas finanças

Cashback: guia completo

Dia dos namorados: como economizar?

5 dicas para você cuidar do seu dinheiro e gastar sem culpa

5 contas digitais gratuitas que oferecem empréstimo

Dia dos Namorados: planejamento financeiro em conjunto

Está apertado? Confira como fazer um empréstimo seguro!