Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos

Sazonalidade: saiba o que esse termo significa

Por Camila SilveiraPublicado em

Já parou para pensar que em determinadas épocas do ano alguns produtos são vendidos com mais frequência? Por exemplo, no dia das mães, a venda de perfumes e roupas aumenta, na época de natal, a venda de panetones também, e assim, por diante. Isso acontece devido a sazonalidade de mercado. Entenda o que esse termo significa e esclareça suas dúvidas.

O que é sazonalidade?

De acordo com o dicionário, a sazonalidade representa as estações, ou seja, são fenômenos que acontecem sempre em uma determinada época do ano.

No aspecto empresarial, é um conceito relacionado a fatores que se repetem ao longo do tempo e que podem influenciar os resultados de uma companhia.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Essas variações que são causadas pela sazonalidade podem ter diversas formas, como climáticas (estações), eventuais (carnaval e Copa do Mundo) e datas comemorativas (Dia das Mães e Natal).

Portanto, muitas ocasiões durante o ano podem influenciar diretamente os rendimentos de um determinado negócio. Confira os tipos de sazonalidade analisadas pelas empresas:

  • Diária: o pico de clientes acontece todos os dias no mesmo horário. Por exemplo, um restaurante possui o seu pico do meio-dia às 14h, afinal, o público frequentador geralmente volta ao trabalho após esse horário;
  • Semanal: o pico de clientes acontece em um determinado dia da semana. Por exemplo, um cinema geralmente é mais movimentado aos finais de semana do que na segunda-feira;
  • Mensal: o pico de clientes acontece em um determinado período do mês. Por exemplo, os supermercados vendem mais nos primeiros dias do mês, que é a época em que as pessoas geralmente recebem o pagamento;
  • Anual: o pico de clientes acontecem somente uma vez no ano. Datas comemorativas e estações se enquadram nessa categoria.

Como aproveitar a sazonalidade?

O primeiro passo é conhecer o segmento da sua empresa. A partir de então, é possível prever e planejar em quais momentos sazonais os produtos ou serviços oferecidos pelo seu negócio vão se desempenhar melhor.

É importante, também, conhecer o comportamento do seu consumidor e ter um bom banco de dados de períodos anteriores. Além disso, é recomendado realizar parcerias com fornecedores confiáveis para garantir a reposição dos estoques nessas determinadas datas.

Por se tratar de um período de alta demanda, evite a escassez de produtos e que o consumidor se decepcione caso ele recorra ao concorrente.

Por fim, é essencial que você tenha uma equipe de atendimento preparada para satisfazer o cliente e possibilitar a fidelização dos mesmos em períodos sazonais. 

Como se prevenir de sazonalidades negativas?

Ao mesmo tempo em que a sazonalidade positiva representa um crescimento maior para a sua empresa, a negativa pode ser causadora de prejuízos. Portanto, o planejamento também é essencial nos momentos contraproducentes.

O planejamento estratégico de marketing pode ajudar a diminuir os efeitos da sazonalidade negativa. Como as empresas devem ser vistas para serem lembradas, as ações de marketing podem ser essenciais para atrair novos clientes.

Outro fator atrativo para os consumidores no momento da decisão de compra é a precificação dos produtos e serviços. Preços mais baixos são chamativos, porém, é necessário ter cuidado para não abaixar demais o valor e sofrer prejuízos.

Buscar produtos e serviços complementares ao principal também pode ser uma alternativa para não ser afetado pela sazonalidade negativa. Por exemplo, uma sorveteria pode inserir no cardápio bebidas quentes durante as estações mais frias do ano para não perder o movimento. 

Exemplos de datas sazonais

  • Ano novo;
  • Carnaval;
  • Dia Internacional da Mulher;
  • Páscoa;
  • Dia das Mães;
  • Dia dos Namorados;
  • Mês do Orgulho LGBT;
  • Dia do Amigo;
  • Dia dos Pais;
  • Dia das Crianças;
  • Halloween (Dia das Bruxas);
  • Dia de Finados;
  • Natal.

Descomplicamos?

Esperamos ter ajudado você com esse conteúdo. Em caso de dúvidas ou sugestões, deixe o seu comentário para nós e até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Camila Silveira

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, adora descomplicar os cartões de crédito, empréstimos, financiamentos, seguros, contas digitais, entre outros. Boa parte do seu trabalho é acompanhar a movimentação dos bancos e instituições financeiras para trazer as principais notícias do mercado.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

O que é Certidão do FGTS?

Como escolher o banco digital ideal

Como conseguir cartões lucrativos sem anuidade

Saiba como regularizar o CPF no site da Receita Federal

3 dicas para ser aprovado no cartão Santander SX Visa Gold

Auxílio Emergencial: como equilibrar as contas sem o benefício?

Como ganhar dinheiro com cartão de crédito

Negativado pode ter cartão de crédito?

  1. Home
  2. Conteúdo
  3. Dicas financeiras