Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Seguro Auto para danos natureza: Saiba como funciona

Por Guilherme GadelhaPublicado em

Mesmo com pouca probabilidade, não dá para ignorar os problemas que o acaso pode trazer à nossa rotina. Para evitar esse tipo de problema, a contratação de um seguro auto para danos natureza pode ser uma boa alternativa.

Independente de ser uma árvore ou uma enchente, é importante não dar mole para o azar. Contudo, é possível evitar esse tipo de prejuízo adotando as medidas certas. Na hora de contratar o seu seguro, verificar as coberturas é um ponto essencial.

Por que ter um seguro auto para danos natureza?

Como já dissemos acima, é fundamental cuidar dos seus bens mais valiosos sem ignorar as imprevistos da natureza. Infelizmente poucas pessoas sabem realmente quais são os danos cobertos por sua seguradora. E isso pode complicar bastante no futuro.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Como saber se o meu seguro possui este tipo de cobertura?

A maioria dos seguros possuem a cobertura contra raios inclusa, entretanto, sugerimos que você confira a sua apólice para ter certeza. Caso o seu seguro não cubra, sugerimos que você busca por pacotes adicionais, ou encontre outra seguradoras.

Por incrível que pareça, a maioria das seguradoras só oferece coberturas contra essas lesões em pacotes adicionais. Provavelmente você deve estar se perguntando quais são os danos cobertos. Confira:

  • Alagamentos
  • Enchentes
  • Granizo
  • Queda de árvores
  • Terremoto
  • Vendaval

É importante lembrar que as coberturas podem variar de uma seguradora para a outra, por isso, é indispensável verificar a apólice ou contatar o corretor responsável.

Exposição ao risco: o que é e como funciona

O valor do seguro auto para danos natureza pode mudar de acordo com o local que você mora ou frequenta.

No entanto, em casos onde o proprietário visita lugares onde o risco é desnecessário, existe uma chance da seguradora negar o ressarcimento. Um bom exemplo é quando o motorista insiste em passar em áreas alagadas, sem condição de tráfego.

Já em relação às árvores, quando o dano atinge o valor da franquia do veículo, a probabilidade do incidente ser indenizável é grande.

Por esses motivos, é imprescindível que o segurado verifique com a sua seguradora as coberturas contratadas em seu plano. Essa necessidade é fundamental para os motoristas que vivem em locais onde esses imprevistos naturais são frequentes.

Ainda não tem um seguro para auto e quer saber mais sobre? Clique aqui e saiba mais detalhes.

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Guilherme Gadelha

Publicitário e Redator na Foregon. Gosta do universo financeiro e tem a escrita como hobby e profissão.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Imposto de renda: saiba como sair da malha fina

Aumento da energia: saiba quais são os vilões da conta de luz

Aneel aciona bandeira vermelha em patamar 2 e impacta economia brasileira

Organizze: veja o passo a passo de como usar o aplicativo para controlar suas finanças

A melhor forma de utilizar o dinheiro da restituição do IR 2021

Cashback: guia completo

Dia dos namorados: como economizar?

5 dicas para você cuidar do seu dinheiro e gastar sem culpa