Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Selic 2022: financiamentos já estão mais caros devido ao aumento da taxa

Por Camila SilveiraPublicado em

A Caixa Econômica Federal aumentou, em novembro de 2021, os juros das linhas de financiamentos imobiliários com recursos da poupança (SBPE). De acordo com o banco, as taxas foram reajustadas antes mesmo do aumento da Selic para 10,75%.

Ao mesmo tempo, o banco aplicou uma "adequação nas condições para aplicação de redutores", que basicamente funcionam como mecanismos que visam reduzir as taxas de juros cobradas em financiamentos.

Com a mudança da Caixa, outros bancos também reajustaram as suas taxas em até um ponto percentual desde o fim de 2021. Novos reajustes, no entanto, são esperados, uma vez que o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central elevou a Selic para 10,75% ao ano.

No caso da linha tradicional indexada à Taxa Referencial (TR), a Caixa atualizou a taxa de 8% ao ano para 8,99% ao ano acrescido da TR. No mês de novembro, as taxas cobradas eram de 7,25% a.a + TR.

A linha fixa, por sua vez, terá taxas de 9,5% ao ano. No mês de novembro, eram a partir de 9,5% a.a

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

Por fim, no caso da linha de financiamento atrelada a poupança, a Caixa informou ao G1 que os juros permanecem em 8,99% ao ano desde novembro do ano passado, no entanto, passará por uma "adequação nas condições para aplicação de redutores[…] a depender do relacionamento do cliente com o banco". Além disso, "continuará tendo as melhores taxas de juros do mercado".

A Caixa ainda afirmou que "a definição das taxas de juros se baseia na análise da associação de fatores mercadológicos e conjunturais dentro das regras prudenciais de definição das condições do crédito, variando de acordo com o perfil de relacionamento do cliente com a instituição".

Outros bancos

As taxas do Banco do Brasil partem de 7,99% ao ano + TR. Em novembro, elas estavam em 7,58% ao ano + TR.

O Itaú, por sua vez, informou que em sua linha tradicional, os juros subiram de 8,3% + TR para a partir de 9,1% + TR em janeiro.

Descomplicamos?

Esperamos ter ajudado você com esse conteúdo. Em casos de dúvidas ou sugestões, deixe o seu comentário para nós e até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Camila Silveira

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, adora descomplicar os cartões de crédito, empréstimos, financiamentos, seguros, contas digitais, entre outros. Boa parte do seu trabalho é acompanhar a movimentação dos bancos e instituições financeiras para trazer as principais notícias do mercado.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Bandeira verde deixará a conta de luz mais barata?

PicPay Card: anuncia fim da promoção de cashback de 5%

Conheça a nova função de consulta ao score de crédito do PicPay

Falha de sistema no C6 Bank resulta em desvio de R$ 23 milhões

Nova margem consignável para empréstimos em 2022 será de até 40% do benefício

Conheça as 8 mulheres mais ricas do Brasil em 2022

4 dos 10 bancos mais rentáveis do mundo são brasileiros

Saque extraordinário do FGTS: nascidos em fevereiro poderão sacar R$ 1 mil a partir do dia 30