Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos

Startup Sami lança plano de saúde para MEI: conheça

Por Camila SilveiraPublicado em

Com o propósito de ajudar os Microempreendedores Individuais (MEIs), a startup Sami lançou um plano de saúde exclusivo para esses profissionais. Neste artigo, você vai entender como esse serviço funciona e ver se ela é ideal para o seu momento. Ficou interessado? Continue a leitura e aproveite o conteúdo.

Startup Sami lança plano de saúde para MEI

Antes, a startup Sami oferecia esse serviço somente para pequenas empresas que possuem dois ou mais funcionários.

Mas, após perceber que esse tipo de atendimento no mercado cobra muito caro para os empreendedores ou não permitem a contratação para uma só pessoa, resolveu abrir a oportunidade para mais de 11,2 milhões de MEIs em todo o país.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

De acordo com o cofundador da startup de saúde, Guilherme Berardo, "os MEIs têm sido uma categoria em franca expansão, mas são um público desassistido quando se trata de saúde".

Como contratar o plano de saúde para MEI?

Para contratar o plano de saúde para MEI é muito simples: basta acessar o site da startup Sami. Confira o passo a passo:

  1. Acesse o site da empresa Sami;
  2. Clique em "Conheça nosso plano" e, depois, em "Faça a sua cotação agora";
  3. Feito isso, adicione pessoas de acordo com a faixa etária;
  4. Confirme o valor e clique em "Contrate Agora";
  5. Preencha o formulário apresentado e clique em "Ir para o próximo passo";
  6. Siga todas as orientações solicitadas e pronto!

Como funciona o plano de saúde para MEI?

O plano de saúde para MEI da Sami oferece medicina preventiva dando acesso ao aplicativo de bem-estar Gympass (iOS e Android) e um serviço de triagem via telemedicina para orientar o paciente ao local mais indicado para atendimento. Os planos custam a partir de R$ 172 por mês dependendo da faixa etária.

Entenda, por enquanto o serviço está disponível apenas na capital de São Paulo, onde há três hospitais cadastrados, duas maternidades e duas redes clínicas médicas.

  • Hospitais: BP Paulista, BP Penha e Hospital Santa Izildinha;
  • Maternidades: Santa Joana e Pro Matre Paulista;
  • Clínicas Médicas: Labi e DaVita.

Descomplicamos?

Esperamos ter ajudado você com esse conteúdo. Em caso de dúvidas ou sugestões, deixe o seu comentário para nós e até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Camila Silveira

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, adora descomplicar os cartões de crédito, empréstimos, financiamentos, seguros, contas digitais, entre outros. Boa parte do seu trabalho é acompanhar a movimentação dos bancos e instituições financeiras para trazer as principais notícias do mercado.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

A Nextel agora é ‘Claro nxt’: entenda o que mudou

IBGE abre concurso para 204 mil vagas temporárias do Censo 2021

Entenda porque o preço do gás de cozinha aumentou

Conheça os 9 projetos que visam prorrogar o Auxílio Emergencial

MT lança o seguro-desemprego pela internet: confira

Programa de fidelidade da Americanas será gratuito para todos os clientes

Banco Inter faz parceria com Vítreo para oferecer fundos de criptomoedas

Governo edita Medida Provisória que facilitará o acesso a empréstimos

  1. Home
  2. Conteúdo
  3. Notícias sobre economia e finanças