tabela fipe

Quem tem um carro ou deseja comprar um, com certeza já ouviu falar da famosa tabela FIPE. Através dela, é determinado os valores médios dos carros no Brasil.

Além de determinar os preços, ela também serve como um medidor para as seguradoras estipularem os preços de seguros e IPVA. É importante lembrar que esse valor pode ser alterado por conta de outros fatores.

A tabela FIPE sofre alterações mensais, por isso entendê-la é algo essencial para não sofrer com imprevistos no futuro.

O que é Tabela FIPE?

Ela é a principal base para avaliar o preço de carros novos e seminovos. Para fazer definir esse parâmetro, os profissionais da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas descartam os preços que são muito altos ou muito baixos.

Essa atitude acontece para criar um valor médio, possibilitando estipular um índice de preço para todos os veículos.

Dessa forma, a tabela FIPE também é de ótima serventia para vendedores e compradores de automóveis. Por isso, se você pensa em comprar um carro  em breve, é importante ficar de olho nela.

Vale lembrar que para esses casos, ela serve apenas como referência e não impede que pessoas comercializem carros com um preço acima ou abaixo da média. Um outro fator que influencia diretamente no valor de venda referente a tabela FIPE são as peças originais do carro.

Como é feito o cálculo?

A Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas realiza pesquisa em revendas, classificados, lojas entre outros. O cálculo varia de acordo com o modelo, marca, ano e todos os aspectos do carro.

O que pode mudar o valor do carro?

Como já dissemos, as peças originais do veículo são um fator importante. Por isso, quando há um histórico que apresenta vários consertos, é possível que isso afetará o valor total do carro. É importante ficar de olho, já que veículos muito abaixo da tabela FIPE podem ter passado por essa situação.

Como a tabela afeta o preço do seguro?

Fora a referência para determinar os seus preços, a indenização por conta de perdas e danos é baseada no valor médio do carro apresentado na tabela FIPE. Essa avaliação muda mensalmente, o que pode afetar na quantia esperada pelo segurado.

A maioria dos seguros não costumam cobrir a perda de itens não originais. Em casos em que os acessórios adicionados são fundamentais para o motorista, é importante checar mais informações com a sua seguradora.

Quando há danos ou alguma perda relacionada ao automóvel, é provável que a indenização será feita com base na tabela FIPE do próximo mês, já que o processo demora alguns dias para avaliar a situação.

Você pode checar mais informações sobre a tabela FIPE clicando aqui.

Este conteúdo foi útil para voce? 1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 voto(s), média: 5,00)
Loading...