Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Tecnologia: vale a pena investir no setor?

Por Sabrina VansellaPublicado em

As empresas de tecnologia estão crescendo nos últimos anos, e estão presentes no dia a dia em diferentes áreas. Ao relacionar o mundo do investimento com esse assunto, uma dúvida que pode surgir é: vale a pena investir em empresas de tecnologia da bolsa de valores?

Para te ajudar, reunimos as principais informações sobre o assunto, suas vantagens e desvantagens. Continue a leitura.

O que são empresas de tecnologia?

Atualmente, o termo "tech" faz parte de diversos ramos, como as fintechs (união entre financeiro e tecnologia), insurtechs (área de seguros com inovações tecnológicas), health techs (startups do segmento de saúde), entre outras. Ou seja, daqui para frente, as chances das empresas de tecnologia crescerem, é alta.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Contudo, é preciso existir uma distinção entre as empresas que trabalham diretamente com tecnologia e as que utilizam da tecnologia em outra área de atuação. Por isso, tenha conhecimento de qual o setor que a empresa de tecnologia está inserida antes de realizar um investimento nela.

Antes de investir em tecnologia, escolha boas empresas

Se você está em busca de investir na área da tecnologia, não leve em consideração apenas este fator, fique de olho em boas empresas, independente do setor. As principais características que devem ser avaliadas ao investir em uma empresa é se ela possui bons gestores, plano de negócio, se é lucrativa, as perspectivas, entre outros.

Vantagens de investir em empresas de tecnologia

  • Empresas em crescimento: muitas empresas de tecnologia que estão na bolsa de valores buscam um mercado ainda maior conforme seu crescimento, o que oferece uma grande perspectiva;
  • Inovação: a transformação faz parte desse segmento, dessa maneira, todos estão suscetíveis a diversificar os seus modelos de negócios. Principalmente na área da tecnologia, as inovações são constantes e podem trazer revoluções a humanidade;
  • Existem empresas consolidadas: não são apenas startups que fazem parte do ramo de empresas de tecnologia. Afinal, existem vários negócios consolidados e estabelecidos como o Mercado Livre, por exemplo.

Desvantagens de investir em empresas de tecnologia

  • Pouca diversificação: um dos principais riscos, é que ao concentrar o investimento em uma área, o risco de sair no prejuízo é maior caso ocorra uma crise no setor. Por um lado, as inovações trazem um crescimento significativo, por outro, esse mercado é muito competitivo e algumas empresas não conseguem acompanhar esse movimento e ficam para trás;
  • Setor volátil: outro ponto que deve ser analisado antes de investir em empresas de tecnologia, é que este setor é considerado volátil, pois ao mesmo tempo que as empresas estejam em ascensão, elas também podem cair com a mesma velocidade na bolsa de valores;
  • Área em transformação: como é um mercado novo, as empresas de tecnologia estão suscetíveis a regulamentações que ainda não existem. Por isso, é preciso ter cuidado ao realizar um investimento na área, pois ela pode sofrer uma regulamentação que mude seu funcionamento.

Informamos?

Agora que te apresentamos as principais vantagens e desvantagens de investir em empresas de tecnologia, você pode tomar suas próprias conclusões para a sua carteira de investimento. Se tiver alguma dúvida ou sugestão, faça um comentário. Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Sabrina Vansella

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos noticiosos e sobre dicas financeiras. Procura simplificar e melhorar a qualidade de vida dos usuários e, para isso, preza por uma pesquisa assídua e uma escrita clara.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Ativos reais: o que são e quais os riscos?

O que avaliar antes de escolher uma corretora de investimentos

O código é lei: entenda as plataformas de contratos inteligentes

Tecnologia: vale a pena investir no setor?

Confira 4 investimentos que te protegem da inflação

O que é e como funciona o crédito privado?

Diferença entre data de vencimento e carência em investimentos de Renda Fixa

O que são investimentos alternativos e quais as vantagens na diversificação do seu portfólio?