Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

TIM obtém direito de comprar participação no C6 Bank

Por Thais SouzaPublicado em

Depois da parceria entre C6 Bank e TIM para oferecer bônus de internet em dobro para os clientes, a operadora obteve o direito de comprar participação no banco digital, expandindo suas relações. Continue a leitura para conferir os detalhes.

TIM obtém direito de comprar participação no C6 Bank

No dia 01 de fevereiro, a operadora TIM Brasil obteve o direito de ter participação acionária no C6 Bank, um dos principais bancos digitais do país. Com isso, a operadora e o banco expandem suas relações, pois já tinham firmado parceria desde o ano passado.

O direito obtido pela TIM refere-se ao exercício de Bônus de Subscrição, equivalente a participação indireta de aproximadamente 1,4% do capital social do C6 Bank. A conquista alcançada por parte da operadora se deu após o atingimento de metas que foram estabelecidas em um acordo entre as duas empresas.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Segundo um comunicado TIM, a operadora irá exercer o direito acionário quando achar oportuno. Em um comunicado à imprensa, a operadora alegou que, "é importante destacar que o mencionado Bônus de Subscrição concederá à TIM, quando exercido, uma posição minoritária e sem posição de controle ou de influência significativa na administração do C6".

O C6 Bank totaliza 5,3 bilhões em ativos e realiza mais de R$ 1,5 bilhão em transações ao mês. Além disso, a parceria entre a Tim e o banco digital rendeu um aumento de 2,5 milhões de contas abertas em apenas um ano, o que reforça o relacionamento entre a TIM e C6.

Direito de Subscrição: o que é e como funciona?

Mas, se você está se perguntando o que é o Direito de Subscrição obtido pela TIM, fique tranquilo pois vamos explicar como funciona.

Quando uma empresa ou instituição financeira pretende aumentar seu capital social e emitir novas ações, ela oferece preferência para alguns acionistas na compra de novos papéis, que é o que o C6 Bank ofereceu à TIM. É isso que chamamos de Direito de Subscrição.

O objetivo do Direito de Subscrição é que o acionista, neste caso a TIM, consiga manter um nível de participação no negócio mesmo depois do aumento do capital social.

Gostou do artigo?

Caso tenha ficado com alguma dúvida, deixe seu comentário abaixo que entraremos em contato com você. Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Thais Souza

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos relacionados a investimentos e empréstimos e acredita que esse tipo de conhecimento pode mudar a vida das pessoas. Busca impactar a vida dos usuários que buscam resolver um problema ou conhecer melhor um produto ou serviço financeiro.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Covid-19: Câmara aprova isenção de Imposto de Renda para pessoas com sequelas da doença

Facebook renova linha Portal, o novo dispositivo de videochamada

Nubank permitirá que seus clientes tenham mais de um cartão virtual

Open banking: BC define dados que precisam ser detalhados na fase 4

Gás de cozinha: fogão a lenha volta a ser mais usado por brasileiros

Novo Bolsa Família começa a ser pago em novembro

Shell planeja investir R$ 3 bilhões em energia renovável no Brasil

Cibercrimes: Brasil é o 5º maior alvo global de ataques de hackers