Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Tributo, imposto e taxa: entenda a diferença

Por Camila SilveiraPublicado em

Mesmo que as palavras tributo, imposto e taxa sejam usadas frequentemente na televisão e em outros canais de comunicação, muitas pessoas ainda não entendem seus significados. Neste artigo, você vai entender a definição de cada uma dessas palavras para que elas sejam empregadas de maneira correta. Continue a leitura e aproveite.

Tributo, imposto e taxa: entenda a diferença

O que é tributo?

O tributo representa as cobranças obrigatórias pagas em dinheiro por meio de uma transação financeira, seja a compra de um veículo ou imóvel, venda de produtos ou serviços, entre outras. 

Ele pode ser dividido em dois tipos: direto e indireto. O primeiro é aquele sob forma de contribuição pelo cidadão, como por exemplo, o Imposto de Renda. O segundo, por sua vez, são aqueles plicados no valor final de produtos e serviços.

É importante ressaltar que os tributos podem aparecer na forma de impostos, taxas e contribuições de melhorias, porém, mesmo com a prerrogativa, vale enfatizar que nem todos os impostos são tributos.

O que é taxa?

As taxas são as cobranças que incidem em serviços prestados aos órgãos públicos das esferas municipal, estadual e federal.

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

Tais valores, que normalmente são fixos, precisam ser pagos em troca de um atendimento específico, como: emissão de documento de identidade, licenciamento do carro, registro de contrato, entre outros.

Elas também podem aparecer em outras ocasiões, sob a forma de mensalidade de condomínio, juros cobrados por instituições bancárias, entre outras.

O que é imposto?

Os impostos podem incidir sobre o patrimônio, consumo ou renda e têm como principal função financiar licitações públicas nas áreas da saúde, infraestrutura, segurança e educação. Confira alguns exemplos de impostos comuns:

Renda Patrimônio Consumo
Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA)  Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS)
Imposto de Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ) Imposto sobre Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI)

Existem, também, as contribuições que podem ser de melhoria ou especiais. A primeira funciona como uma espécie de tributo cobrado em situações que favoreçam o contribuinte, como o dono de uma casa particular que teve seu bem valorizado em razão de uma obra pública. A segunda é um tributo cobrado para atender demandas de grupos específicos, como sindicatos laborais.

Descomplicamos?

Esperamos ter ajudado você com esse conteúdo. Em caso de dúvidas ou sugestões, deixe o seu comentário para nós e até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Camila Silveira

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, adora descomplicar os cartões de crédito, empréstimos, financiamentos, seguros, contas digitais, entre outros. Boa parte do seu trabalho é acompanhar a movimentação dos bancos e instituições financeiras para trazer as principais notícias do mercado.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Como conseguir internet de graça? Saiba como se conectar

Saiba como ganhar dinheiro online rápido

Inflação hoje: entenda como o seu dinheiro é afetado

Golpe do CPF falso: conheça e saiba como se proteger

Conheça 10 cursos de finanças gratuitos para aprender a investir

ID Jovem: guia completo 2022

Vale a pena parcelar compras no cartão com inflação em alta?

Copa do mundo 2022: quanto custa completar o álbum?