Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos

Veja como viajar para o Paraguai gastando pouco

Por Janaína TavaresPublicado em

Viajar para o Paraguai gastando pouco é uma opção viável, ainda mais se você pretende ter uma estadia segura no país e economizar na compra de alguns itens. Neste local você tem a acesso a diversas alternativas que vão desde roupas e eletrônicos, até itens de perfumaria e brinquedos.

Vale lembrar ainda que a maioria desses produtos possuem preços bem baratos, já que os impostos cobrados e as exigências do governo paraguaio em relação aos fabricantes estrangeiros são menores do que em território nacional.

Viajar para o Paraguai gastando pouco

Portanto, você pode ter uma experiência agradável ao se aventurar pelo Paraguai, quando seu objetivo é de fazer compras. No entanto, é interessante ficar por dentro de algumas dicas antes de realizar essa viagem. Veja o que separamos para você:

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

O que levar na viagem?

O país faz divisa com dois estados brasileiros: Mato Grosso do Sul e Paraná. Além disso, você pode ir apenas com o seu RG, sem a obrigatoriedade de ter um passaporte. Contudo, o documento que você for levar deve ter no mínimo 10 anos de emissão. Observação: carteira de motorista não é aceita como identificação para este caso.

Alimentação

Viajar paro o Paraguai gastando pouco também envolve alimentação e, a cidade de Assunção, oferece boas opções gastronômicas com diversas faixas de preço. Também é possível optar por comer fast food, caso queira economizar ainda mais.

Mas a dica que deixamos é para você ficar atento caso prefira ir em restaurantes do tipo buffet ou self service. Eles funcionam de uma maneira diferente no Paraguai e lá a comida não é cobrada por peso e sim pelas opções escolhidas. Já o preço varia de acordo com a combinação que você fizer no prato.

Dinheiro

Como dissemos, você consegue aproveitar muito bem essa experiência de viajar para o Paraguai e realizar suas compras. Por isso, saiba desde já que o comércio das lojas de importados na fronteira é feito principalmente em dólares. Dessa maneira, prefira levar dólares e evite usar o cartão de crédito.

Transporte

Se o objetivo é fazer compras, prefira atravessar a fronteira com o uso do traslado de hotéis, empresas especializadas ou até mesmo ônibus. Vale destacar que a forma mais barata de entrar no país é seguir pela tríplice fronteira, indo por Foz do Iguaçu.

Outra alternativa é atravessar a Ponte da Amizade a pé, assim como milhares de pessoas costumam fazer diariamente. Apesar de ser apenas 10 minutos de travessia, vale a pena fazer essa caminhada se o seu hotel for próximo.

Dica extra

Viajar para o Paraguai gastando pouco também requer segurança. Sendo assim, tenha cuidado redobrado com ofertas muito tentadoras para evitar cair em golpes. Preste atenção também ao valor limite de compras livre de declaração para entrar no Brasil porque, se você gastar acima do que pode, deve declarar à Polícia Federal e pagar imposto calculado na hora, na fronteira.

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Janaína Tavares

Jornalista e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, a Janaína (ou Jana). Como redatora, ama os conteúdos sobre dicas financeiras. Preza pela checagem de todas as informações e o conteúdo perfeito para ela, é aquele que ajuda o leitor a resolver um problema, ensinando e orientando o leitor a tomar a melhor decisão.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Google lança cursos de empreendedorismo e carreira para mulheres

Saiba como abrir uma conta na Binance

Conheça 6 dicas para melhorar seu home office

Google Pay: veja quais bancos possuem integração com a carteira digital

Saiba como se tornar um MEI e ter CNPJ para emitir notas

Poupança 2021: guia completo

Como fazer o planejamento de um empréstimo: guia completo

Confira as 5 principais dúvidas sobre MEI

  1. Home
  2. Conteúdo
  3. Dicas financeiras