Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos

Veja quanto os brasileiros desejam gastar nas compras de fim de ano

Por Janaína TavaresPublicado em

Quando você vai comprar um presente pra família ou amigo, geralmente define quanto vai desembolsar? De acordo com uma pesquisa realizada pela Foregon, 32.6% dos consumidores pretendem gastar entre R$ 500 e R$ 1 mil nas compras de fim de ano. 

Quanto os consumidores estão dispostos a pagar?

O levantamento da fintech ouviu 1.192 pessoas entre os dias 12 a 19 de dezembro de 2019. Vale destacar que a pesquisa possui um nível de confiança de 95% com uma margem de erro de 2,8 pontos percentuais.

Sendo assim, 38.6% dos consumidores compraram algum item na Black Friday 2019 e 61,5% deles aproveitaram as ofertas em novembro para adiantar as compras de fim de ano.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Contudo, neste mesmo público, 86.6% afirmaram que pretendem fazer mais compras. Porém, de quanto será o investimento nessas aquisições? Veja o que os participantes responderam:

  • De R$ 501 a R$ 1 mil: 32.6%;
  • De R$ 1.001 a R$ 2 mil: 25.4%;
  • De R$ 201 a R$ 500: 20.9%;
  • Mais de R$ 2 mil: 12.5%;
  • Até R$ 200: 8,6%.

Principais formas de pagamento nas compras de fim de ano

Em relação às formas de pagamento, os brasileiros apostam, em sua maioria, no uso da modalidade de crédito.

Além do mais, 57.3% pretendem utilizar o crédito parcelado e 10,5% vão optar pelo cartão de crédito à vista (parcela única).

Cartão de crédito 67,8%
Dinheiro  16,8%
Boleto bancário 10,5%
Cartão de débito 4,4%
Transferência bancária 0,4%

A pesquisa da fintech também perguntou se os consumidores pretendiam usar o 13° salário nas compras de fim de ano. Nesta questão, 50.5% afirmaram que vão usar, enquanto que 49,5% revelaram que não vão.

Entenda a pesquisa da Foregon

O questionário da Foregon teve a finalidade de mapear a intenção de compra dos consumidores para o fim do ano e entender os fatores que influenciam suas decisões de aquisição.

Além disso, também buscou compreender se a Black Friday interfere ou não no comportamento dos entrevistados.

Dentre os que responderam a pesquisa, a faixa etária de 25 a 44 anos foi a maioria, somando 53,1%. Já a região do Brasil que mais teve representatividade foi o Sudeste porque concentrou 31,3% dos entrevistados, acompanhado do Nordeste com 28,4% e Sul, com 17,1%.

Sugestões de leitura

Quer dicas de como gastar o seu dinheiro de uma maneira consciente e que não prejudique o seu orçamento? Veja o que preparamos para você:

Descomplicamos?

E aí, geralmente você gasta quanto nas compras de fim de ano? Qual a sua forma de pagamento preferida? Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Janaína Tavares

Jornalista e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, a Janaína (ou Jana). Como redatora, ama os conteúdos sobre dicas financeiras. Preza pela checagem de todas as informações e o conteúdo perfeito para ela, é aquele que ajuda o leitor a resolver um problema, ensinando e orientando o leitor a tomar a melhor decisão.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Lojas físicas ou online: qual a preferência no Dia do Consumidor 2020?

Descubra a faixa salarial que se destaca no Dia do Consumidor

Os principais interesses de compra do Dia do Consumidor

47,2% dos ex-negativados conseguem controlar as finanças

Negociar as dívidas é a parte mais importante para 35,2% dos ex-negativados

25,9% dos inadimplentes não têm condições de quitar dívidas

35,8% dos negativados desejam ter independência financeira

87,7% dos negativados não conseguem aprovação de crédito

  1. Home
  2. Conteúdo
  3. Pesquisas de mercado