Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos

Visa permite o uso de criptomoedas em sua rede de pagamentos

Por Camila SilveiraPublicado em

Foi anunciado pela Visa, na segunda-feira, dia 29, que a empresa permitirá o uso de moedas virtuais para quitar transações em sua rede de pagamentos. Essa medida reflete a crescente aceitação das criptomoedas na indústria financeira tradicional. 

Sendo assim, a companhia de serviços financeiros usará a USD Coin (USDC), criptomoeda estável lastreada em dólares americanos e todas as operações serão registradas no blockchain Ethereum.

A novidade da Visa acontecerá em parceria com a plataforma de pagamento Crypto.com, portanto, quando um consumidor pagar algo usando o cartão da empresa, a operação será cobrada diretamente em USDC, removendo os custos de conversão.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

"As fintechs cripto-nativas querem parceiros que entendam seus negócios e as complexidades de fatores da moeda digital", afirma Jack Forestell, vice-presidente executivo da Visa.

De acordo com Forestell, é de extrema importância poder atender às necessidades das fintechs que gerenciam seus negócios em uma criptomoeda estável. Para ele, o processo é como uma ampliação de serviços prestados pela companhia financeira.

"É realmente uma extensão do que fazemos diariamente, facilitando com segurança os pagamentos em todas as moedas diferentes ao redor do mundo", conclui o executivo.

Anúncio da Visa reflete no Bitcoin

De acordo com a Reuters, agência de notícias britânica, o anúncio já impactou no valor do Bitcoin. A moeda virtual subiu 4,5% e chegou ao preço de US$ 58.300, se aproximando ao recorde acima de US$ 61 mil no início de março.

Neste momento, a empresa Visa lidera um movimento de empresas financeiras tradicionais que aceitarão o uso de criptomoedas. Por exemplo, a Mastercard já indicou a possibilidade do uso das moedas virtuais para fins de investimentos e pagamentos.

O que são criptomoedas?

De forma resumida, uma criptomoeda é uma espécie de dinheiro, como outras moedas com as quais vivemos no dia a dia. A única diferença é que ela é totalmente digital e não é emitida por nenhum governo, como no caso do dólar ou real.

Elas podem ser usadas com as mesmas finalidades do dinheiro físico, porém, suas principais funções são: servir como meio de troca, facilitando as operações comerciais; reserva de valor para a preservação do poder de compra no futuro; e como unidade de conta, quando os produtos são precificados e o cálculo econômico é realizado em função dela.

Descomplicamos?

Esperamos ter ajudado você com esse conteúdo. Em caso de dúvidas ou sugestões, deixe o seu comentário para nós e até mais!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Camila Silveira

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, adora descomplicar os cartões de crédito, empréstimos, financiamentos, seguros, contas digitais, entre outros. Boa parte do seu trabalho é acompanhar a movimentação dos bancos e instituições financeiras para trazer as principais notícias do mercado.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

20 filmes indicados ao Oscar 2021 para ver em plataformas de streaming

Visa permite o uso de criptomoedas em sua rede de pagamentos

Visa e Mastercard podem usar o WhatsApp para pagamentos

Auxílio Emergencial 2021: confira os calendários de pagamentos

Gravvity: nova rede social pagará usuários para verem publicidade

Serasa Experian oferece curso gratuito para empreendedores

Contas de luz terão bandeira amarela no mês de abril

Imposto de Renda 2021: descubra se há erros na declaração antes de enviá-la

  1. Home
  2. Conteúdo
  3. Notícias sobre economia e finanças