Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Vistoria cautelar e vistoria prévia: entenda a diferença

Por Janaína TavaresPublicado em

Na hora de comprar um carro usado ou semi-novo é fundamental buscar garantias de que o veículo está em bom estado e não possui pendências. Nesse sentido, entender a diferença entre vistoria cautelar e vistoria prévia é essencial para descobrir se você está fazendo um bom negócio e evitar problemas no processo de negociação.

Vistoria veicular

A vistoria veicular é um serviço que analisa diversos itens que dão garantias quanto à originalidade dos automóveis e seus documentos. Além de checar o estado de conservação que ele e usas peças se encontram. Mas, você sabe qual a diferença entre a vistoria cautelar e prévia? 

O que é vistoria cautelar e como funciona?

A vistoria cautelar funciona como um check-up geral de veículo usado. Ela analisa a real situação das condições de um automóvel, verificando tanto em termos de estrutura como de documentação. 

Esse processo possui duas fases, a primeira consiste na verificação da originalidade dos pontos de identificação dos veículos, como: numeração de chassi, motor, vidros, câmbio, pintura, lacres da placa e outros. 

A segunda fase foca nas condições estruturais do veículo. Ou seja, é uma vistoria mecânica. Neste momento são analisados itens, como: peças, painéis, Longarinas dianteiras e traseiras, teto, indício de sinistro (acidentes pelos quais carro passou), entre outros. 

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

Ao final da vistoria cautelar é emitido um laudo técnico que comprova se o veículo está em boas condições, se precisa de manutenção, dentre outros fatores. Caso seja reprovado, o laudo apontará o que é necessário para a manutenção.

Vantagens da vistoria cautelar

  • Garante a procedência do veículo;
  • Evita fraudes, furto e roubo de veículos;
  • Assegura a compra, evitando que o cliente compre um veículo adulterado ou com reparos estruturais; 
  • Valoriza e facilita a venda do veículo; 
  • Protege o pós-venda;
  • Isenta o vendedor ou a loja de quaisquer modificações ou adulterações realizadas posteriormente a realização da vistoria. 

O que é vistoria prévia e como funciona? 

Já a vistoria prévia trata-se da contratação de seguro. Ou seja, essa vistoria atesta real estado de conservação do veículo, verificando se existe algum fator que impeça a cobertura do seguro de automóvel.

Ela é feita quando o dono do automóvel decide contratar um seguro, então, a seguradora pede essa vistoria para averiguar se está tudo certo com a documentação e a estrutura do veículo. 

Diferença ente vistoria prévia e cautelar 

Muitas pessoas confundem os termos vistoria prévia e cautelar, pois as duas avaliam as condições do veículo, tanto na estrutura quanto na documentação. Porém, são duas coisas distintas.

A principal diferença entre elas está em suas finalidades: a vistoria cautelar é solicitada por concessionarias ou pessoas que vão comprar um carro usado, com o intuito de evitar cair em golpes ou comprar um carro com estrutura afetada.

Já a vistoria prévia é solicitada pela seguradora, com o intuito de encontrar algum fator que impeça a cobertura do seguro.

Qual a importância de fazer uma vistoria veicular? 

A vistoria cautelar e prévia é fundamental e beneficia tanto o comprador, que evita fraudes e assegura a procedência do veículo, como para o vendedor, que consegue vender o automóvel de forma mais rápida e fácil, já que é gerado um laudo técnico que aprova sua boa procedência. 

Ficou com alguma dúvida? Deixe seu comentário que a gente descomplica para você. Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Janaína Tavares

Jornalista e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, a Janaína (ou Jana). Como redatora, ama os conteúdos sobre dicas financeiras. Preza pela checagem de todas as informações e o conteúdo perfeito para ela, é aquele que ajuda o leitor a resolver um problema, ensinando e orientando o leitor a tomar a melhor decisão.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Como cadastrar cartões no PayPal?

Ter vários cartões de crédito pode impactar no score de crédito?

Segurança: saiba como proteger os aplicativos de bancos no celular

Samsung Pay e Google Pay: qual a diferença entre as carteiras digitais?

Plataforma de crédito em cloud: o que é e como funciona?

6 dicas para identificar se o boleto bancário é falso

Minhas Finanças: entenda como organizar a vida financeira no aplicativo

É possível pagar multas com cartão de crédito?