Foregon.comConteúdos

Vistoria veicular: entenda a diferença entre cautelar, transferência e prévia

Por Thais SouzaPublicado em
Compartilhe

Se você já comprou um automóvel usado, provavelmente já deve ter ouvido falar da vistoria veicular. Ela é vantajosa tanto para o comprador como para o vendedor do veículo. Mas, existem várias modalidades desse serviço, como a vistoria cautelar, prévia e de transferência.

Para que não reste nenhuma dúvida sobre esse assunto, explicamos neste artigo tudo sobre a vistoria, seu conceito, tipos existentes e diferenças. Quer saber mais? Então continue com a gente. 

O que é uma vistoria veicular? 

A vistoria veicular é uma avaliação regulamentada pelos Departamentos Estaduais de Trânsito (Detran). Nela, são verificados diversos fatores de um veículo, como: originalidade das peças, conservação, autenticidade das documentações, legitimidade da propriedade, além de constatar se os equipamentos estão em condições corretas e seguras para o uso.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Essa avaliação é necessária no processo de contratação de seguro, compra e venda de um veículo usado. Existem três tipos de vistorias: a cautelar. prévia e de transferência. Mas, você sabe quais as diferenças entre elas?

Vistoria cautelar

A vistoria cautelar é utilizada no processo de compra e venda de um veículo usado. Ela analisa a real situação das condições do automóvel, verificando tanto a sua estrutura como a documentação. 

Na vistoria cautelar são analisados os seguintes itens:

  • Se há reparos estruturais significativos no veículo;
  • Indícios de sinistro (acidentes);
  • Se existem restrições judiciais; 
  • Histórico de leilão;
  • Verifica se há adulteração na numeração do chassi;
  • Originalidade dos documentos;
  • Originalidade das peças. 

Ao final da vistoria cautelar é emitido um laudo técnico que comprova se o veículo está em boas condições para continuar circulando, se precisa de manutenção, dentre outros fatores. 

Vistoria prévia

A vistoria prévia é um serviço solicitado pelas seguradoras de veículos, com o intuito de encontrar algum fator de impeça a cobertura do seguro de automóvel.

Nesse tipo de vistoria verifica-se a originalidade dos documentos, condições gerais em que ele se encontra, além de problemas visíveis nos acessórios, equipamentos e dispositivos de segurança. 

Vistoria de transferência 

A vistoria de transferência, como o nome já diz, é feita quando o proprietário decide transferir a documentação do veículo para outra pessoa. Nela, são analisados elementos para identificar se existem adulterações e fraudes que não estejam de acordo com as normas do Detran. 

Dica Foregon 

Na hora de comprar um carro usado, apenas a palavra do vendedor não basta. Os problemas que você pode ter no futuro provavelmente vão ser bem mais caros que uma vistoria veicular. Por isso é tão importante realizar esse serviço. 

Até a próxima! 

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe nas suas redes sociais

Thais Souza

Estudante de Publicidade e Propaganda, é Redatora na Foregon. Gosta de escrever textos sobre dicas de viagens e destinos. Nas horas livres gosta de ler e cozinhar.

Ver todos os posts

Leia a seguir

  • Dicas financeiras

    Entenda a diferença entre o Pix e outras formas de pagamento

  • Dicas financeiras

    Promoção Conectados Coca-Cola: concorra a notebooks e tablets

  • Dicas financeiras

    Banco do Brasil: como cancelar o débito automático

  • Dicas financeiras

    Como fazer o cancelamento do débito automático da Caixa?

Ver mais conteúdos

Veja o que estão comentando

Principais conteúdos

Principais assuntos

  1. Home
  2. Conteúdo
  3. Dicas financeiras