Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Vistoria veicular no estado de São Paulo: como funciona

Por Claudia BorgesPublicado em

Se você já fez a compra ou a venda de um veículo usado no estado de São Paulo, então já deve ter feito a vistoria veicular para a transferência do veículo. Mas você sabe para que ela serve? Continue lendo que vamos tirar todas suas dúvidas.

A vistoria veicular é uma avaliação, de responsabilidade do Detran, feita no carro. Ela é obrigatória no processo de transferência de veículos seminovos e usados, no estado de São Paulo. 

Dentre outras coisas a vistoria veicular serve para atestar o bom estado de conservação do veículo e a legitimidade de seus documentos. O processo é de responsabilidade do Detran (Departamento de Trânsito) do estado de São Paulo, que faz o controle da operação. 

Quando a vistoria veicular é necessária

É obrigatória em processos de transferência e regularização de veículos, e também para realizar o licenciamento em carros que tenham mais de 5 anos de fabricação, ou quando há alteração das características originais do carro, como mudança da cor, por exemplo.

Também é feita quando há sinistro em um veículo, pelas seguradoras, para atestar os danos e evitar fraudes.

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

Vistoria veicular e Inspeção veicular: qual a diferença? 

A vistoria faz apenas uma avaliação visual no veículo, sem o uso de qualquer equipamento de teste, já que o objetivo principal do processo é atestar as condições gerais de uso do carro, e a autenticidade de sua documentação. Se todos os itens estão conforme informa o documento, como número do chassi, cor, marca, modelo, pendências e etc.

Já a inspeção faz uma avaliação mais profunda do seu carro. Ela é feita por um engenheiro ou técnico habilitado, e avalia os itens do carro e seu funcionamento, a estrutura e condição de uso. Além dos equipamentos obrigatórios, como farol, buzina, luz de freio, entre outros. 

Na inspeção os testes são feitos com equipamentos calibrados, para analisar se todos os itens estão dentro dos parâmetros determinados por lei.

Tipos de vistoria veicular

Embora, em regra, todos os tipos tenham o mesmo objetivo, verificar se o carro é seguro para o uso do novo dono, existem alguns tipos de vistoria, são eles:

  • Vistoria Cautelar ou de procedência: é feita quando um veículo é colocado à venda, serve para atestar a autenticidade do chassi, falhas na pintura ou nos vidros. Além da consulta do documento do veículo na base de dados do Detran, BIN (Base Nacional Veicular) e DENATRAN (Departamento Nacional de Trânsito);
  • Vistoria em trânsito: ocorre quando o veículo precisa ser vistoriado e está fora da área de jurisdição. Nesses casos o dono deve procurar o Detran para solicitar o GARE (Guia de Arrecadação Estadual). Deve ser feito o pagamento de uma taxa e a apresentação de uma copia simples do CRV (Certificado de Registro de Veículo);
  • Vistoria veicular para transferência: qualquer transferência veicular deve passar pela vistoria. Serve para atestar que todos os veículos cumprem com as especificações de fábrica;
  • Vistoria Prévia: geralmente é feita por seguradoras, no processo de análise para contratação de uma apólice de seguro. Serve para garantia de ambas as partes quanto a condição de funcionamento do veículo.

Documentos necessários para vistoria veicular

Além de levar o veículo ao agente cadastrado para vistoria, o condutor deve apresentar:

  • A habilitação do condutor;
  • RG do solicitante;
  • CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo) do veículo, de uso obrigatório para circulação;
  • CRV necessário para transferência.

Itens que são vistoriados

  • Documentos do veículo;
  • Itens de segurança como: buzina, vidros, cintos de segurança, espelhos retrovisores, estepe,  triângulo, chave de roda, macaco, extintor de incêndio, faróis e lanternas;
  • Originalidade de itens de estrutura: chassi, motor, etiquetas identificação, placas dianteira e traseira e lacração.

O laudo é validado através da biometria do perito responsável e tem validade de 60 dias, após sua emissão. A vistoria veicular no estado de São Paulo tem um valor variado entre R$ 100,00 e R$ 180,00.

Quer saber mais sobre a regularização do documentos do seu veículo? Vamos deixar mais alguns conteúdos que podem te interessar:

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Claudia Borges

Estudante de Jornalismo e estagiária de Redação na Foregon. Alia seu conhecimento na área administrativa com sua paixão por escrever e sempre busca agregar conhecimento em seus textos.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Golpe do CPF falso: conheça e saiba como se proteger

Conheça 10 cursos de finanças gratuitos para aprender a investir

ID Jovem: guia completo 2022

Vale a pena parcelar compras no cartão com inflação em alta?

Copa do mundo 2022: quanto custa completar o álbum?

SOS Nu: saiba como proteger sua conta digital Nubank

Saiba como cobrar um amigo sem perder a amizade

Saiba como bloquear o cartão Bolsa Família