Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Você conhece todos os tipos de infrações de trânsito?

Por Camila SilveiraPublicado em

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), as infrações de trânsito são determinadas em quatro categorias: leve, média, grave e gravíssima. Sendo assim, esta classificação é realizada de acordo com a gravidade da conduta: quanto maior risco o infrator provocar, piores serão as consequências e penalidades.

Além das penalidades, como suspensão do direito de dirigir e cassação da CNH, os valores das multas e a quantidade de pontos aplicados na carteira de habilitação também variam de acordo com a infração cometida pelo condutor. Você conhece todos os tipos de infrações de trânsito? Continue com a gente e fique por dentro do assunto!

Todos os tipos de infrações de trânsito

Infrações leves

As infrações leves oferecem menos riscos para a segurança do infrator e para as demais pessoas que circulam em vias públicas. Desta forma, as penalidades para esta categoria de infração também são menos severas. O valor da multa é de R$ 88,38 e a quantidade de pontos aplicados na CNH é três. Confira alguns exemplos de infrações leves:

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20
  • Estacionar veículo no acostamento (art. 181, inciso VII, CTB);
  • Parar o veículo na faixa de pedestres (art. 181, inciso VII, CTB);
  • Usar farol alto em via provida de iluminação pública (art. 224, CTB);
  • Buzinar em desacordo com as normas (art. 41, CTB);
  • Dirigir o veículo sem o porte dos documentos obrigatórios. (art. 232, CTB).

Infrações médias

As infrações médias possuem multas no valor de R$ 130,16 e aplicam quatro pontos na carteira do condutor. É importante ressaltar que, para as infrações leves e médias, o motorista pode solicitar que a multa seja convertida em advertência por escrito. Neste caso, ele não precisará pagar multas e não receberá pontos na CNH. Confira exemplos de infrações médias:

  • Utilizar veículo para jogar água ou detritos sobre os pedestres ou veículos (art. 171);
  • Atirar objetos ou líquidos pela janela do veículo (art. 172);
  • Não remover o veículo em acidente sem vítima caso isso seja possível (art. 178);
  • Ficar sem combustível em via pública (art. 180).

Infrações graves

De acordo com o CTB, as infrações graves são aquelas que oferecem alto risco para o motorista e os demais que estão circulando nas ruas. Sendo assim, o valor da multa é maior que para as outras citadas anteriormente, sendo R$ 195,23 e gerando cinco pontos na carteira de habilitação do infrator. Conheça algumas infrações de natureza grave:

  • Dirigir sem o uso de cinto de segurança (art. 167);
  • Fugir sem prestar socorro à vítima quando envolvido em acidente (art. 177);
  • Estacionar o veículo em viadutos, pontos ou túneis (Art. 181, XIV).

Infrações gravíssimas

Estas são as infrações de trânsito consideradas mais graves, com alto risco para o infrator e também para outro condutores, passageiros, pedestres e ciclistas. O valor da multa é de R$ 293,47 e são aplicado sete pontos na carteira de motorista. Além disso, algumas destas infrações também podem provocar a suspensão automática da CNH. Confira alguns exemplos:

  • Dirigir veículo sem possuir CNH, PPD ou Autorização para Conduzir Ciclomotor ou com esses documentos cassados ou suspensos (art. 162, I e art. 162, II);
  • Dirigir veículo sem usar os acessórios obrigatórios, como óculos ou aparelho de audição, por exemplo (art. 162, VI);
  • Dirigir ameaçando outros veículos, pedestres ou ciclistas (art. 170);
  • Disputar rachas/corridas (art. 173);
  • Dirigir sob influência de álcool (art. 165).

É importante saber que algumas infrações gravíssimas possuem o fator multiplicador, que multiplica o valor da multa. Por exemplo: o fator multiplicador de dirigir sob influência de álcool é dez, portanto, o motorista que cometer essa ação arcará com a multa de R$ 2.934,70.

Descomplicamos?

Esperamos ter ajudado você com este artigo. Qualquer dúvida sobre o assunto, deixe um comentário para nós e até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Camila Silveira

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, adora descomplicar os cartões de crédito, empréstimos, financiamentos, seguros, contas digitais, entre outros. Boa parte do seu trabalho é acompanhar a movimentação dos bancos e instituições financeiras para trazer as principais notícias do mercado.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Quem conseguiu economizar na quarentena já pensa em viajar

Black Friday 2021 Magalu: como aproveitar as melhores ofertas

Quando começa a Black Friday 2021?

Black Friday 2021 Submarino: saiba como garantir as melhores promoções

Open Banking: 7 aspectos que podem impactar as Pequenas e Médias Empresas

Conheça os 10 carros mais econômicos do Brasil

Reconhecimento facial: o que é e como funciona

Anywhere office: conheça o novo modelo de trabalho flexível