Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Warren: conheça essa corretora e aprenda como investir

Por Camila SilveiraPublicado em

A Warren é uma corretora de investimento autorizada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e pelo Banco Central, que surgiu nos Estados Unidos, mas que foi construída no Brasil. Seus clientes contam com a ajuda de um aplicativo financeiro, o Warren, para investir com eficiência, simplicidade e custos baixos. Saiba mais!

Entenda o que é a Warren e como ela funciona

Criada por ex-sócios de uma corretora brasileira, a Warren nasceu com o objetivo de promover a transparência no universo dos investimentos, principalmente em relação ao alinhamento com o cliente.

Atualmente, a empresa tem como principal vantagem o oferecimento de um serviço que antigamente estava disponível apenas para os investidores extremamente ricos: a diversificação dos investimentos de acordo com o perfil e objetivos de cada pessoa.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

O aplicativo financeiro da empresa, Warren, também é totalmente digital. É possível executar todos os passos pela plataforma, desde o cadastro de abertura de conta, até a definição das aplicações financeiras.

Quais são os produtos oferecidos pela Warren?

  • Renda Fixa;
  • Multimercado;
  • Fundos de Ações;
  • Fundos de outras gestoras.

É seguro investir na Warren?

Como a Warren é regulamentada e autorizada pelos maiores órgãos de controle de instituições financeiras do país, CVM e Banco Central, podemos afirmar que investir com essa corretora é bastante seguro.

Outro fator que comprova a credibilidade da corretora é a sua qualificação no site do Reclame Aqui. A Warren tem uma reputação classificada como boa, atingindo uma nota de 7.9 nos últimos seis meses. De acordo com o site, 66.7% das pessoas voltariam a fazer negócios com a empresa.

Conheça a forma de investir da Warren

Os clientes da Warren contam com boas rentabilidades em suas aplicações financeiras devido ao modelo chamado Wealth Management. Com ele, é possível investir nos melhores produtos do mercado, por meio de uma alocação de portfólio alinhada com os objetivos do investidor.

Para quem não conhece, o Wealth Management é uma espécie de gestão de patrimônio que engloba serviços de consultoria, planejamento e gestão de investimentos.

Esse serviço é considerado de alto nível e, em outras instituições financeiras, é exclusivo para clientes de altíssima renda. A boa notícia para quem deseja investir na Warren é que com investimentos de apenas R$ 100, é possível ter acesso ao Wealth Management.

Sendo assim, com a Warren, o seu dinheiro receberá o melhor destino, pois a gestora utilizará ferramentas para descobrir os seus objetivos de curto, médio e longo prazo e, como resultado, indicará as melhores aplicações. Tudo isso baseado em seu perfil de investidor e no seu grau de aversão ao risco.

Taxa única Warren

Para ter acesso a toda essa tecnologia e facilidade na gestão dos seus investimentos, é cobrada uma taxa única. Veja os valores:

  • Para investimentos de até R$ 99 mil, a taxa é de 0,7% ao ano;
  • Para investimentos de R$ 100 mil a R$ 999 mil, a taxa é de 0,6% ao ano;
  • Para investimentos acima de R$ 1 milhão, a taxa é de 0,5% ao ano.

Vale ressaltar que os fundos próprios da Warren oferecem taxa zero.

Vantagens de investir com a Warren

Diversificar os investimentos com essa gestora é mais barato do que em outros bancos e corretoras, pois não há a cobrança de taxa de performance e nem da taxa de administração dos fundos. Além disso, as comissões que outras empresas recebem quando um cliente compra um produto de terceiro não são cobradas pela Warren.

Como investir com a Warren?

Para começar, você primeiramente deverá abrir uma conta, acessando o site oficial da Warren ou realizando o seu cadastro no aplicativo, que está disponível para iOS e Android. Feito, isso você deverá realizar um teste em forma de questionário, que será apresentado na tela, mais conhecido como suitability.

Nessa etapa, é fundamental que você seja totalmente sincero, pois a partir das suas respostas será traçado o seu perfil de investidor e o seu nível de tolerância a risco. Em seguida, você deverá conhecer as suas metas e objetivos e escolher entre as três opções que serão mostradas na tela:

Vale dizer que a Warren separa os seus objetivos em carteiras diferentes, o que torna a visualização mais prática e evita que as aplicações financeiras se confundam.

Agora, você deverá fornecer todas as informações solicitadas para depois determinar os seus objetivos e criar a sua carteira.

Ao terminar todas as configurações de sua carteira, basta clicar em "Estou satisfeito" e pronto! Você poderá realizar o seu primeiro aporte por transferência bancária ou boleto.

Perguntas frequentes


Como a Warren é regulamentada e autorizada pelos maiores órgãos de controle de instituições financeiras do país, CVM e Banco Central, podemos afirmar que investir com essa corretora é bastante seguro.[/item][item title="Como funciona a Warren?"]A Warren utiliza ferramentas para descobrir os seus objetivos de curto, médio e longo prazo e, como resultado, indica as melhores aplicações financeiras. Tudo isso, baseado em seu perfil de investidor e no seu grau de aversão ao risco.[/item][/accordion]

Descomplicamos?

Aproveite e confira quais são as cinco melhores corretoras de valores para você investir.

Esperamos ter ajudado você com esse conteúdo. Qualquer dúvida, deixe um comentário para nós e até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Camila Silveira

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, adora descomplicar os cartões de crédito, empréstimos, financiamentos, seguros, contas digitais, entre outros. Boa parte do seu trabalho é acompanhar a movimentação dos bancos e instituições financeiras para trazer as principais notícias do mercado.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

5 livros sobre investimentos que você precisa conhecer

Rentabilidade fora da bolsa: 5 investimentos alternativos mais promissores de 2021

Plataforma íon promete revolucionar a experiência de investir

Open banking: o que muda para o investidor?

Qual a diferença entre a conta rendeira e o CDB PagBank?

Previdência privada: PGBL ou VGBL? Entenda qual o plano ideal para você

Baixa renda e preconceito: entenda porque o brasileiro prefere investir na poupança

Ativos reais: o que são e quais os riscos?