Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos

WhatsApp: prazo para aceitar as novas políticas de uso termina em breve

Por Camila SilveiraPublicado em

Os usuários do WhatsApp têm menos de um mês para aceitar as novas políticas de uso e privacidade da plataforma. A partir do dia 15 de maio, os usuários que não concordarem com as novas mudanças e regras da plataforma de mensagens terão a funcionalidade da sua conta limitada.

Anunciada no dia 6 de janeiro de 2021, a obrigatoriedade de compartilhamento de dados do WhatsApp com o Facebook gerou polêmica.

Tal funcionalidade estava prevista para entrar em prática no dia 8 de fevereiro, porém, acabou sendo adiada pela empresa de Mark Zuckerberg devido à repercussão negativa.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

É importante esclarecer que, de acordo com os desenvolvedores, nenhuma conta será excluída, caso as regras não forem aceitas. No entanto, o uso da plataforma ficará limitado para essas pessoas até a conformidade com as mudanças.

"Por um curto período de tempo, você poderá receber chamadas e notificações, mas não poderá ler e enviar mensagens no app", explicou a empresa.

Quem não concordar com os novos termos do WhatsApp poderão exportar o histórico de mensagens e o relatório da conta no Android e no iOS até a entrada em vigor das novidades do aplicativo.

Aqueles que escolherem excluir a conta do mensageiro também deverão fazer a exportação dos dados antes, pois o backup e o histórico de conversas são apagados juntamente com o perfil.

O que mudará no WhatsApp?

Com as novas regras de uso da plataforma, os dados gerados em interações com perfis comerciais no mensageiro, como as contas de lojas que atendem pelo aplicativo, poderão ser colhidos e usados para o direcionamento de anúncios no Facebook e no Instagram.

Apesar disso, vale ressaltar que o número do telefone do usuário não será compartilhado com empresas, exceto se a pessoa conceder tal autorização. Sobre as conversas pessoais com amigos e familiares, a empresa explicou que a privacidade e segurança não serão alteradas, mantendo-se a criptografia de ponta a ponta.

Descomplicamos?

Esperamos ter ajudado você com esse conteúdo. Em caso de dúvidas ou sugestões, deixe o seu comentário para nós. Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Camila Silveira

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, adora descomplicar os cartões de crédito, empréstimos, financiamentos, seguros, contas digitais, entre outros. Boa parte do seu trabalho é acompanhar a movimentação dos bancos e instituições financeiras para trazer as principais notícias do mercado.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Copom eleva Taxa Selic a 3,50% ao ano: veja as consequências para economia

Saiu! Governo divulga calendário de pagamento da antecipação do 13º salário

Revisão do FGTS pode gerar dinheiro extra aos trabalhadores: veja como solicitar

WhatsApp Pay: saiba quais são os bancos parceiros

Governo de SP vai distribuição cartões alimentação para famílias em situação de vulnerabilidade

Pronampe 2021: linha de crédito para pequenas empresas

Conta bloqueada no App Caixa Tem pode ser liberada nas lotéricas

Abertura de vagas de emprego cresce 45%; confira os cargos em alta