Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos

XP lança curso de educação financeira voltado para o público feminino

Por Camila SilveiraPublicado em

Podemos dizer que as mulheres possuem uma certa desvantagem em relação ao homem quando o assunto é dinheiro, até porque há diversos estudos que comprovam uma remuneração mais baixa. Com o objetivo de minimizar os problemas enfrentados pelo público feminino, a XP lançou um curso de educação financeira para que elas possam se tornar independentes.

A Xpeed, escola de educação financeira e de empreendedorismo da XP, é responsável por desenvolver o curso de finanças direcionado especialmente para o público feminino, em parceria com a Fabi Saad, criadora do projeto "Mulheres Positivas". O lançamento do curso aconteceu na segunda-feira, dia 26 de outubro.

O curso chamado de "Conhecimento para ocupar qualquer lugar" possui duração de oito horas no total e conta com módulos técnicos sobre finanças e investimentos. Além disso, disponibiliza lives para as alunas com especialistas e líderes mulheres inspiradoras.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Dentre os temas abordados, há o "Você protagonista da sua independência financeira" e "A importância da independência financeira na vida familiar". O curso também conta com participações significativas, como a da assessora de investimentos da XP Clara Sodré e a sócia-fundadora da Monet Investimentos, Gabriela Valladares.

"Hoje, as mulheres representam apenas 30% dos alunos da XPeed e queremos que, cada vez mais, elas façam parte do mundo dos investimentos. Sabemos que ainda não ocupamos os cargos mais altos e não ganhamos os melhores salários, mas dinheiro faz parte do dia a dia de todos e nos questionamos por que, nem mesmo cursos básicos de finanças, atingem as mulheres. Chegamos à conclusão que elas têm outras necessidades e por isso criamos esse curso específico para atendê-las", esclarece a Izabella Mattar, CEO da Xpeed.

De acordo com um levantamento feito recentemente pelo grupo Mulheres Positivas, a dependência financeira ainda é uma questão para o público feminino. 

"Esta pesquisa mostrou que não ser ouvida é uma queixa frequente. Sendo assim, se queremos nos aproximar delas e contribuir com sua independência, precisamos criar um ambiente em que sejam ouvidas e se sintam acolhidas por pessoas que têm empatia por suas dores e dificuldades. Foi a partir disso que me juntei à XP e organizamos aulas ministradas por mulheres, com conteúdo focado em soft skills que elas precisam desenvolver", afirma a Fabi Saad.

Com o propósito de ajudar cada dia mais as mulheres, a Xpeed também firmou parceria com o Instituto As Valquírias e a ONG da educação financeira Ação Jovem Educação e Finanças, que serão responsáveis por distribuir gratuitamente o curso para as mulheres de comunidades atendidas por essas entidades.

Gostou do conteúdo?

Este artigo ajudou você? Esperamos que sim. Qualquer dúvida sobre o assunto, deixe um comentário para nós e até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Camila Silveira

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, adora descomplicar os cartões de crédito, empréstimos, financiamentos, seguros, contas digitais, entre outros. Boa parte do seu trabalho é acompanhar a movimentação dos bancos e instituições financeiras para trazer as principais notícias do mercado.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Serasa score: como consultar e aumentar a sua pontuação

Metas para 2021: como se organizar financeiramente

O score de crédito da Foregon é confiável?

Como consultar o score de crédito na Foregon?

Por que a pontuação da Foregon é diferente do score da Serasa?

Como solicitar um cartão de crédito pela Foregon?

A Foregon é segura?

O que é a Foregon?

  1. Home
  2. Conteúdo
  3. Educação financeira