Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

ZroBank: banco digital lança cartão com cashback em bitcoin

Por Camila SilveiraPublicado em

No início de 2021, o banco digital ZroBank anunciou um novo cartão de débito com cashback, ou dinheiro de volta, em bitcoins para os seus consumidores. De acordo com a empresa esse é o primeiro produto com essa funcionalidade no Brasil. 

Tal serviço integra operações em reais e em bitcoins e permite realizar pagamentos pelo aplicativo Telegram, segundo o banco digital.

O cashback será de 0,5% sobre o valor dos pagamentos acima de R$ 10 feitos com o cartão e o benefício é válido tanto para novos usuários quanto para os que já têm o cartão de débito Visa. 

A empresa ainda destaca que os correntistas poderão escolher como utilizar esses créditos, entre novas compras, transferências ou acumulação da moeda digital, que vem tendo altas em sua cotação desde o quarto trimestre do ano passado.

De acordo com o ZroBank, todas conversões em reais do saldo de criptomoedas acumulado pelo cashback serão instantâneas na plataforma. A instituição bancária deseja que todos os usuários consigam aproveitar o momento de valorização do bitcoin.

"Neste momento em que o bitcoin vem batendo máximas históricas em dólar e em real, queremos estimular novas experiências de uso com a criptomoeda. Nossa ideia é oferecer um ganho real, já que o cliente não tem de subtrair taxa nem anuidade do cartão", explica Edisio Pereira Neto, CEO do Zro Bank. (Informações retiradas do Valor Investe).

O que você procura?

Aplicativo ZroBank já possui mais de 100 mil downloads

Além dessa novidade, o banco digital anunciou que atingiu um total de 103.978 downloads de seu aplicativo desde o lançamento, que ocorreu em setembro de 2020. 

O banco digital ZroBank oferece serviços bancários, exchange e carteira digital em um aplicativo com diversas funcionalidades, como: transações, emissão de boletos, pagamento de contas, conversão reais-bitcoins em tempo real e pagamento por meio de um chat integrado com o aplicativo Telegram.

O banco pretende que essa integração com o aplicativo de mensagens (Telegram) permita os usuários criarem grupos em chats com propósitos financeiros, para cobranças e pagamentos quase imediatos, como ocorre no WeChat: principal aplicativo de pagamentos da China.

Outra meta da empresa é agregar outros ativos financeiros à plataforma, como o dólar, euro, ouro e mais criptomoedas.

A fintech que está sediada em Recife (PE) destaca ainda que está em negociação com fundos de investimentos nacionais e internacionais para uma primeira rodada de captação, sob controle da consultoria Deloitte e com foco em uma expansão internacional.

Gostou do conteúdo?

Esperamos ter ajudado você com esse conteúdo. Em caso de dúvidas ou sugestões, deixe o seu comentário para nós e até a próxima!

    Gostou? Deixe seu curtir
    Compartilhe
    Camila Silveira

    Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, adora descomplicar os cartões de crédito, empréstimos, financiamentos, seguros, contas digitais, entre outros. Boa parte do seu trabalho é acompanhar a movimentação dos bancos e instituições financeiras para trazer as principais notícias do mercado.

    Ver todos os posts

    Deixe seu comentário

    Leia também

    Guia Completo dos Bancos: Tudo o que você Precisa Saber

    CDI, SELIC ou IPCA: Conheça os Indexadores dos Investimentos

    Bolsa Americana: saiba como Investir no Exterior

    Evite Multas: Saiba Declarar Imposto de Renda MEI

    É Preciso Incluir Pensão Alimentícia no Imposto de Renda?

    Sonegação de Impostos: como Evitar Problemas com a Receita

    Conheça 5 opções de Investimentos de alto Retorno para Jovens

    Foregon: Como usar a Plataforma para Planejar suas Finanças?