Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Nota de 1 real: quanto vale hoje em dia?

Por Thais SouzaPublicado em

As notas de 1 real pararam de circular em 2005 e estão longes de serem esquecidas. Isso porque, quanto mais incomuns e antigas, mais elas podem valer para os colecionadores. Se você tem uma dessas guardada, talvez seja a hora de tirá-la da gaveta e garantir um bom dinheiro com isso.

Por que as notas de 1 real saíram de circulação?

Uma nota costuma ter uma duração de apenas 13 meses. Por outro lado, o seu preço de produção não é nada baixo. Enquanto isso, as moedas têm uma vida útil de cerca de 20 a 30 anos. Por isso, o Banco Central optou por tirar de circulação as cédulas de R$ 1.

Atualmente, o valor de um real só circula por meio da moeda, que possui algumas versões comemorativas raras, como as moedas das Olimpíadas de 2016.

Nota de 1 real: quanto vale hoje em dia?

Em uma pesquisa rápida na internet você já consegue encontrar notas de 1 real sendo vendidas por diversos valores diferentes. Tudo vai depender da moldura que elas estão e estado de conservação. As notas mais caras são aquelas que ficaram pouquíssimo tempo em circulação e que não possuem riscos ou manchas.

Algumas dessas notas se tornaram ainda mais valiosas por conta de erros de impressão, por serem fabricadas em outros países ou por existirem poucas em circulação.

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

Segundo o último estudo do Banco Central, ainda existem milhares de notas de 1 real, mesmo após anos do fim da sua fabricação. Isso se dá por conta que, além dos colecionadores, muita gente guarda as cédulas por acreditar que dão sorte ou simplesmente esquecem as notas.

De acordo com dados do site do BC, há cerca de 148.721.985 unidades de cédulas de R$ 1 espalhadas pelo país. Destas, existe um modelo com valor de R$ 275. Porém, para vender a este preço, é preciso ter a cédula mais "escassa" da série de R$ 1. Existe uma série específica que é bem valorizada. São aquelas que têm o número de série entre 001 até 0072.

As demais cédulas que não são dessa séria variam de R$ 10 a R$ 95, e o valor dependerá do estado de conservação.

Por isso, se você possui alguma nota de 1 real guardada, esse é o momento de verificar se ela está em boas condições, assim, você pode conseguir um ótimo dinheiro com ela.

As notas de 1 real ainda valem para o comércio?

Não, depois de ter saído de circulação, você não poderá mais utilizar a sua nota de 1 real para fazer um pagamento, por exemplo, ou qualquer outro tipo de transação, como depósitos.

Isso porque a nota perdeu o seu valor após ser descontinuada pelo Banco Central. Atualmente, para que uma nota de um real tenha valor, você deverá vendê-la para algum colecionador.

Onde posso comprar ou vender a nota de 1 real?

Existem vários canais em que você pode anunciar ou até mesmo comprar a nota de 1 real. Os principais sites são:

  • Enjoei.com;
  • Mercado Livre;
  • OLX.

Em relação ao preço, tudo vai depender do estado de conservação da cédula. Ao comprar de colecionadores, você poderá receber sua cédula em um quadro ou algum outro tipo de acessório de conservação de notas. Isso faz com que ela tenha um maior valor, já que estará mais nova.

É importante ressaltar que geralmente não são aceitas cédulas danificadas, rasgadas ou manchadas. Outro valor que influencia no valor de venda é o número de série da nota. Em resumo, as menores tiragens, ou seja, séries com menos notas que foram impressas na época, tem um valor maior, devido a sua raridade.

Famílias do Real

Além da nota de R$ 1, existem outras cédulas da família do Real que podem ser vendidas por valores significativos. Uma delas é a cédula de R$ 100 da primeira família, de 1994, com assinaturas de Rubens Ricupero e Pedro S. Malan, em que apenas três séries possuem uma característica especial.

As séries AA 1199, 1200 e 1201 não possuem o dístico "Deus Seja Louvado". Por isso, elas são consideradas raríssimas e podem ser vendidas por altos valores. Uma peça desse modelo chega ao preço de R$ 4,4 mil.

Já na segunda família do Real existe a séria da nota de R$ 2, com as letras CJ, de 2015, e assinaturas de Henrique Meirelles e Alexandre Tombini, que pode ser vendida por R$ 250.

Nas notas de R$ 5 que possuem as letras CJ (assinaturas de Henrique Meirelles e Alexandre Tombini), de 2015, e DF (assinaturas de Henrique Meirelles e Ilan Goldfajn), de 2016, podem ser vendidas por até R$ 260 cada, já que tiveram uma baixa tiragem.

Enquanto isso, a cédula de R$ 20 que tem as letras CD e as assinaturas de Joaquim Levy e Alexandre Tombini, de 2014 é a mais difícil de ser encontrada, pois possui apenas 240 mil impressões e, por isso, pode ser vendida por até R$ 300.

Perguntas frequentes (FAQ)

O que é a numismática?

A numismática nada mais é do que a maneira correta de falar sobre coleções de moedas. Essa palavra descreve o grupo de pessoas que colecionam moedas e cédulas antigas ou novas.

Quando saiu de circulação a nota de 1 real?

As notas de 1 real pararam de circular em 2005, mas ainda existem, já que vários colecionadores acabaram guardando e conservando para vendê-las futuramente. Porém, elas não têm valor de circulação, por exemplo, não é possível pagar uma compra com ela ou fazer um depósito.

Quanto vale uma nota de R$ 1 em 2022?

As notas de 1 real podem ser encontradas por diversos valores. Mas, isso vai depender do estado de conservação da cédula. Porém, é possível vendê-la por R$ 275 para colecionadores.

Pode usar nota de 1 real?

Não, a nota de um real não tem mais valor para o comércio, apenas para colecionadores.

Gostou do artigo?

Deixe seu comentário caso tenha alguma dúvida ou sugestão para nós. Não esqueça de seguir a Foregon no canal do Youtube e também nas redes sociais, Facebook e Instagram, para ficar por dentro das notícias e novidades do universo financeiro em primeira mão. Até mais!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Thais Souza

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos relacionados a investimentos e empréstimos e acredita que esse tipo de conhecimento pode mudar a vida das pessoas. Busca impactar a vida dos usuários que buscam resolver um problema ou conhecer melhor um produto ou serviço financeiro.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Como cadastrar cartões no PayPal?

Ter vários cartões de crédito pode impactar no score de crédito?

Segurança: saiba como proteger os aplicativos de bancos no celular

Samsung Pay e Google Pay: qual a diferença entre as carteiras digitais?

Plataforma de crédito em cloud: o que é e como funciona?

6 dicas para identificar se o boleto bancário é falso

Minhas Finanças: entenda como organizar a vida financeira no aplicativo

É possível pagar multas com cartão de crédito?