Foregon.comConteúdos

Como melhorar a pontuação baixa no CPF?

Por Leonardo JacominiPublicado em
Compartilhe

Descubra como aumentar suas chances de aprovação e outras dicas

Cadastre-se grátis para receber, dicas de produtos financeiros, recomendações, ofertas e muito mais:
Ao continuar você aceita nossos termos de uso e política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

Enviado!

Seus dados foram enviados com sucesso!


O Score do CPF, nada mais é que uma pontuação relacionada ao seu histórico como consumidor. Ele é gerada pelos órgãos de proteção ao crédito, como SPC e SERASA. Uma pontuação baixa no CPF diminui suas chances de conseguir um Cartão de Crédito.

Essa é uma grande barreira para quem procura conseguir crédito ou serviços financeiros como empréstimos e financiamentos. Diversos fatores podem contribuir para a atribuição do seu Score. Tudo irá depender das suas relações com as contas do dia a dia.

Se você possui pontuação baixa no CPF, este é o momento certo para aprender como aumentar seu score e conseguir crédito aprovado.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Aqui no Blog, nós te damos algumas dicas para alcançar os seus objetivos e ser bem visto pelos bancos e instituições financeiras, veja:

Pontuação baixa no CPF – Dicas para aumentar o score

  • Se livre das dívidas, se possível as negocie;
  • Pague suas contas sempre dia;
  • Atualize seus dados nos sites de proteção ao crédito, como SCPC Boa Vista, SPC e Serasa;
  • Passe contas para seu nome, isso faz com que você seja visto como pagador;
  • Comprar a prazo: nem sempre quem compra à vista é notado pelas empresas de crédito. Comprar a prazo com um cartão de crédito de preferência, pode mostrar que você existe no mercado, dando resultado no seu score;
  • Faça o Cadastro Positivo: esse cadastro registra todos os seus pagamentos em dia;
  • Pedir aumento de limite do cartão de crédito várias vezes seguidas, pode derrubar seu score, por motivos de segurança contra fraude;
  • Está negativado? Tenha rotatividade de crédito usando um cartão pré-pago. Você não passa por análise e pode controlar seus gastos.

Preguntas frequentes (FAQ)

Colocar o CPF na nota fiscal aumenta o score de crédito?

Não, colocar o CPF na nota não influencia no score de crédito.

Como fazer o cadastro positivo?

Entre no site da Serasa Consumidor, na tela inicial, clique em "Todos os sites", depois selecione "Serasa cadastro positivo" e então "Abrir cadastro positivo grátis". Preencha seus dados para prosseguir com o cadastro e conclua!

Por que meu score de crédito é baixo mesmo com o nome limpo?

Isso acontece porque não somente o nome sujo influencia no seu score de crédito. Fatores como: movimentação de contas, realização de compras parceladas e contas registradas em seu nome também podem influenciar no seu score.

Pagar contas no débito automático ajuda a aumentar o score de crédito?

Sim! Quanto mais movimentações você fizer em sua conta no banco, mais informações os órgãos de proteção ao crédito (SPC e Serasa) vão ter sobre você. Isso influencia para o aumento do score de crédito.

Como faço para verificar o meu score de crédito?

Você pode consultar o seu score através do site da Serasa, SPC ou no site da Foregon mesmo, o link para consulta estará logo abaixo.

Você sabe qual é a sua pontuação no CPF? Descubra seu score aqui na Foregon de graça! E conheça os produtos financeiros mais indicados para a sua pontuação.

Descomplicamos?

Ficou com alguma dúvida sobre o assunto ou quer ver algum tema por aqui? Deixe nos comentários! Até o próximo post.

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe nas suas redes sociais

Leonardo Jacomini

Jornalista e Produtor de Conteúdo Multimídia. Gosta de escrever sobre dicas úteis para o dia a dia, ainda mais quando o tema é economizar. Adora livros e assistir filmes e séries em seu tempo livre.

Ver todos os posts

Veja o que estão comentando

Principais conteúdos

Principais assuntos

  1. Home
  2. Conteúdo
  3. Dicas financeiras