Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

3 investimentos para iniciantes com pouco dinheiro

Por Se Torne InvestidorPublicado em

Nunca é tarde para começar a investir. Temos uma tendência a pensar que é preciso de muito dinheiro para fazer os primeiros investimentos e, com isso, postergar esse objetivo para a velhice, mas a verdade é que existem investimentos para iniciantes com valores mais baixos.

Provavelmente aquele milionário que você vê hoje, como o Warren Buffet, por exemplo, não começou investindo milhões, mas para ele chegar no primeiro milhão, o mais importante foi começar a investir.

Existem muitas possibilidades de onde você pode investir, só depende de quanto tempo você está disposto a esperar, se é algo a curto, médio ou longo prazo. É preciso entender o que mais faz sentido para você e ir selecionando os tipos de investimentos que combinam com sua personalidade de investidor.

Pensando assim, nesse post, você terá acesso a três investimentos para iniciantes com pouco dinheiro e que são simples, justamente para já serem colocados em prática o quanto antes. Confira!

Qual melhor investimento para iniciantes?

O mercado oferece diversas opções de investimento para iniciantes e ao contrário do que muitos pensam, não existem apenas a poupança e a bolsa de valores. Por isso, já adiantamos que não existe "o melhor investimento para iniciantes", mas sim algumas indicações ideais, mas que merecem ser avaliadas individualmente.

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

Conheça três opções de investimento para iniciantes:

1. Reserva de emergência – Renda Fixa

A sua reserva de emergência deve ser o seu primeiro investimento sempre. É uma quantia que vai garantir seus custos de vida caso algo aconteça, como perder o emprego.

Ótimas opções para a reserva de emergência e que não precisam de muito dinheiro inicialmente são os títulos públicos, CDBs com liquidez diária e outra opção é juntar seu dinheiro como se fosse uma ‘"poupança’’ mas nos bancos digitais como Nubank e PicPay que oferecem rendimentos maiores que a poupança e você consegue resgatar o dinheiro rapidamente quando precisar.

Mesmo depois de já ter juntado um valor na sua reserva de emergência, muitas pessoas preferem continuar nas opções de Renda Fixa para expandir seus investimentos e essa é sim uma boa opção para quem está começando, pois não oferece tanto risco.

Algumas opções são:

  • CDBs – Certificado de Depósito Bancário;
  • Tesouro Direto – Tesouro Selic, o mais indicado para começar, (é possível comprar um título de Tesouro Direto a partir de R$30)
  • LCI – Letra de Crédito Imobiliária;
  • LCA – Letra de Crédito do Agronegócio;
  • Debêntures;
  • Fundos de Investimentos de Renda Fixa;
  • LC – Letras de Câmbio;
  • CRI – Certificado de Recebíveis Imobiliários;
  • CRA – Certificado de Recebíveis do Agronegócio, dentre outros.

Depois que você pegar mais confiança em como as coisas funcionam, pode avançar para o investimento número dois.

2. Ações fracionadas na bolsa de valores

Existem muitas ações por R$ 10, por exemplo, ações que é como se você comprasse uma pequena parte dela. Só em um lanche no fim de semana acredito que você gaste, pelo menos, uns R$ 20, então pagar R$ 10 em uma ação, é bem tranquilo.

Você pode comprar ações que estejam com preço baixo e quando elas valorizarem, vender por um preço alto. As ações boas do momento variam muito, mas a título de exemplo, algumas ações baratas para você ficar de olho, se elas continuam se desenvolvendo bem são:

  • BRML3  – brMalls;
  • GOAU4 – Metalúrgica Gerdau;
  • AMAR3 – Marisa;
  • LAME3 – Lojas Americanas;
  • MRFG3 – Marfrig;
  • PCAR3 – Pão de Açucar;
  • SAPR11 – Sanepar;
  • BBAS3 – Banco do Brasil;
  • JBSS3 – JBS;
  • TRPL4 – Transmissão Paulista.

Lembre-se que não são recomendações, apenas algumas ideias para você se inspirar, mas você precisa ir acompanhando as subidas e quedas das ações e buscar mais informações sobre as empresas.

3. ETFs – Exchange Traded Funds

Os ETFs consistem em um fundo de investimento que são negociados na bolsa de valores como se fossem ações, de modo bem simplificado.

Esse tipo de investimento é mais famoso no exterior, mas vem ganhando seu espaço no Brasil. Alguns exemplos são – BOVB11 – ETF BRA IBOV – IBOVESPA e EURP11 – TREND EUROPA – MSCI Europe.

Algo que vem se destacando e tende a valorizar cada vez mais são os ETFs de criptomoedas.

Consigo fazer investimentos com pouco dinheiro?

Um dos maiores mitos que rodeiam os investimentos é de que você precisa de muito dinheiro para começar a investir. No geral, é melhor investir pouco, mas o quanto antes, do que esperar o momento certo para investir com uma quantia de dinheiro mais alta.

No Tesouro Direto, existem opções disponíveis a partir de R$ 30. Outra opção de Renda Fixa que possuem um valor mais acessível são os CDBs que podem ser investidos com menos de R$ 100.

Quando estamos falando de investimentos é preciso entender que o tempo atua diretamente nos rendimentos através dos juros compostos. Por isso, quanto antes você começar, melhor!

O importante não é o seu investimento inicial, e sim como você irá gerir o seu investimento. Por exemplo, você pode investir uma quantidade pequena todos os meses, o que é mais vantajoso e acessível do que colocar tudo de uma vez.

Investimento para iniciantes: passo a passo para começar

1. Defina seus objetivos

Se você está economizando dinheiro, descubra qual é o principal motivo. Seja um bem material ou até mesmo a sua aposentadoria no futuro, conheça os principais desejos. Afinal, cada um deles merecem análise e possuem especificidades. No geral, os objetivos são classificados em três formas:

  • Curto prazo: são investimentos com duração de até um ano, muito utilizado para reservas de emergências;
  • Médio prazo: são investimentos com duração de 1 a 5 anos;
  • Longo prazo: são aplicações com prazo superior a cinco anos, como a aposentadoria.

Após definir os seus objetivos você estará mais próximo de ter segurança ao investir. É importante ressaltar que seus objetivos podem mudar conforme o tempo, mas é necessário defini-los para realizá-los, isso porque um sonho sem objetivos é mais difícil de ser realizado.

2. Saiba quanto pode ser investido mensalmente

Antes de investir é indicado que você não tenha dívidas e consiga pagar suas próprias contas. Após negociar suas dívidas será mais fácil estabelecer quanto pode ser investido mensalmente.

Nunca deixe para investir o valor que resta no fim do mês, pois as chances de não sobrar nada são altas.

3. Descubra qual é o seu perfil de investidor

O perfil de investidor é uma forma de entender quais investimentos são os ideais para você.  Existem três perfis:

  • Conservador: investidores com baixa tolerância a riscos;
  • Moderado: protegem o capital, mas estão disposto a investir parte do dinheiro com algum nível de risco;
  • Agressivo: aceitam perder parte do retorno em alguns períodos em troca de obter mais lucro.

4. Abra uma conta em uma corretora de valores

Agora que você já entendeu qual pode ser o seu perfil de investidor, chegou o momento de abrir uma conta em uma das melhores corretoras de valores. Elas possuem um papel fundamental na sua trajetória como investidor e devem auxiliá-lo durante essa jornada.

5 erros para evitar ao investir

Além do passo a passo, também é importante aprender com o erro dos outros, não é mesmo? Pensando em você, vamos compartilhar cinco erros que você deve evitar no que diz respeito a investimento para iniciantes. Confira:

  • Não ter poupado para começar a investir;
  • Achar que o investimento entrega retorno imediato;
  • Não ter objetivos definidos e redefini-los com o tempo;
  • Não estudar sobre o assunto frequentemente;
  • Investir em algo que está em alta sem estratégia.

Informamos?

Seja qual for a forma escolhida para começar a investir com pouco dinheiro, atente-se a promessas milagrosas que te garantem um lucro extraordinário, no mercado financeiro não existe lucro garantido muito menos fórmulas mágicas, é um processo que vai sendo construído com o passar do tempo e te trazendo retornos a longo prazo, contudo, existe muito golpe por aí, então seja cauteloso sobre onde deixar seu dinheiro.

Se tiver dúvidas, pode nos procurar que te ajudamos!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Se Torne Investidor

Criador e autor do blog e canal Se Torne Investidor, que transforma devedores em investidores de sucesso.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Emissão do comprovante CNPJ: como fazer

Trabalhei 2 anos, quanto vou receber? Aprenda a calcular

Como consultar o resultado da perícia do INSS?

O que é cobrança extrajudicial?

IGP-M do aluguel: o que é e como funciona

Existem moedas antigas que valem dinheiro?

Como funciona a mineração de criptomoedas

Dinheiro falso: saiba como identificar