Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos

Arrendamento: você sabe o que significa?

Por Thais SouzaPublicado em

Você já ficou na dúvida entre comprar ou alugar? Pois bem, esta é uma decisão muito grande na vida das pessoas. Comprar possibilita que o bem se torne propriedade total da pessoa, possibilitando-a de fazer o que quiser com ele, já alugar é um contrato temporário onde o locatário paga mensalmente pelo bem. Porém existe um meio termo, o arrendamento. 

O que é arrendamento? 

O arrendamento nada mais é que um contrato de cessão, uma negociação. Neste caso, uma pessoa arrenda um bem e paga mensalmente por ele. Durante o período de tempo estipulado no contrato o bem e todas as suas responsabilidades e custos passam a ser de quem o arrendou.

Ou seja, o arrendamento é uma espécie de compra e aluguel ao mesmo tempo, e é uma ótima alternativa para quem não tem dinheiro para comprar um bem mas pretende comprá-lo no futuro.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Existem duas partes no processo de arrendamento, são elas: 

  • Arrendatário: usuário do bem arrendado, quem irá usufruir;
  • Arrendador: proprietário do bem arrendado, é a pessoa que cede os direitos de uso ao arrendatário.

Afinal, qual a diferença entre aluguel e arrendamento?

A diferença entre os dois é que, no aluguel, todo o dinheiro pago mensalmente durante o contrato não volta para o inquilino. 

Já o arrendamento funciona como uma espécie de financiamento, o arrendatário tem a opção de comprar o imóvel ao final do contrato, dessa forma, as mensalidades pagas por ele durante o contrato podem servir para abater no valor final da compra.

Tipos de arrendamento

Arrendamento Comercial

É o arrendamento de pontos comerciais, como lojas e outros estabelecimentos comerciais. Neste caso, o arrendatário usufrui do bem, arca com as suas despesas e também obtém o lucro total que foi gerado no local. 

Arrendamento Mercantil

Nesta modalidade o arrendador (quem cede), neste caso bancos ou sociedades mercantis, adquirem o bem e depois repassam para o arrendatário (quem usufrui) 

Existem dois tipos de arrendamento mercantil, o financeiro e o operacional. 

No arrendamento financeiro o arrendatário tem a intenção de permanecer com o bem após o término do contrato, ou seja, comprá-lo. Neste contrato que vai de dois a cinco anos, as despesas de manutenção são do arrendatário.

Já no arrendamento operacional o arrendatário geralmente não tem a intenção de comprar o bem e, ao final do contrato ele tem a opção de devolvê-lo ou renovar seu contrato. 

Esse tipo de arrendamento é vantajoso pois as taxas de juros são menores do que em casos de financiamento. 

Arrendamento Rural

Contrato de arrendamento de propriedades rurais. Pode ser parcial ou total. Geralmente é feito no intuito de produção agropecuária. 

Arrendamento Royalty

Neste caso, o inventor passa seus bens intangíveis, como patentes e direitos autorais, para outra pessoa. Geralmente, nestes casos, o inventor não possui dinheiro para comercializar sua ideia.

Vantagens do arrendamento

Digamos que o arrendamento é uma via de mão dupla, já que, costuma ser vantajoso para os dois lados. 

Para o lado do arrendatário porque ele paga taxas mais reduzidas do que a de um financiamento e ao final do contrato pode abater o valor pago no valor final do bem, e para o arrendador, a vantagem está em ver seu bem ser utilizado e rentabilizado.

Se você gostou deste artigo também pode gostar de: vantagens e desvantagens de investir em imóveis

Até a próxima! 🙂

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Thais Souza

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos relacionados a investimentos e empréstimos e acredita que esse tipo de conhecimento pode mudar a vida das pessoas. Busca impactar a vida de pessoas que buscam resolver um problema ou conhecer melhor um produto ou serviço financeiro.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Tudo sobre o saque-aniversário do FGTS

Taxa CDI: guia completo

Tutorial, requisitos e obrigações para abrir MEI

Lomadee: veja como funciona a plataforma de marketing de afiliados

Saiba como emitir a segunda via da conta Vivo

Três formas de ganhar dinheiro com o App Clubhouse

Nota 200 reais: saiba como identificar uma cédula falsa

Nota de R$200: saiba tudo sobre

  1. Home
  2. Conteúdo
  3. Dicas financeiras