Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Ativos financeiros: o que são e quais os tipos?

Por Thais SouzaPublicado em

Se você deseja investir com assertividade e montar uma carteira de investimentos rentável, saber o que é ativo financeiro é essencial. Inclusive, existem diversos tipos de ativos e cada um se encaixa em um perfil de investidor diferente.

Esse conceito faz parte da base do aprendizado sobre o mundo financeiro e dos investimentos. Por isso, neste guia completo você vai conferir todos os detalhes sobre ativos financeiros. Vamos lá?

Ativos financeiros: o que são?

Os ativos financeiros são ativos intangíveis com alta liquidez, em que o investidor pode comprar e negociar, obtendo lucros na operação. Dentre os principais, podemos citar: ações, depósitos bancários, títulos públicos, títulos privados, commodities e o mercado de opções.

Como dito anteriormente, esses ativos são intangíveis, ou seja, eles não possuem uma representação física além da documentação que os define. A documentação serve para certificar a posse do ativo em si.

Como funciona o lucro dos ativos financeiros?

Esses títulos podem ser adquiridos por investidores por meio de instituições financeiras ou corretoras de valores. Dessa maneira, o lucro é obtido por meio da compra e venda.

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

Um ativo financeiro é um intermediário entre alguém que deseja lucrar com investimentos e alguém (Pessoa Física ou empresa) que precisa de dinheiro para investir em algo, realizar projetos, dentre outras opções. Separamos um exemplo prático abaixo para que você entenda melhor essa relação:

Imagine que uma empresa quer construir uma nova filial em outro estado e não tem capital suficiente para isso. A alternativa seria emitir títulos e ações para aumentar seus ativos financeiros.

Então, os investidores compram essas ações e títulos, emprestando dinheiro a essa empresa. Dessa maneira, o comprador terá participação acionária na empresa, de acordo com o número de ações que adquiriu, recebendo uma parte do lucro que a empresa obtém. Esse lucro é chamado de dividendo.

Outra maneira de lucrar com ativos financeiros é vendendo parte das suas ações. Dessa forma, caso haja uma valorização dos ativos da empresa, você pode ganhar com o lucro da venda e também com os dividendos.

Ativos financeiros de Renda Fixa e Variável: entenda

Os ativos financeiros podem ser de Renda Fixa ou Variável. A grande diferença entre esses dois grupos é que os investimentos de Renda Fixa têm a rentabilidade conhecida no momento da aplicação, ou seja, o investidor consegue prever, em média, o quanto vai receber de lucro com determinado ativo.

Já os ativos de Renda Variável são aqueles cuja rentabilidade é imprevisível e possuem alto risco por conta da volatilidade.

Os ativos financeiros de Renda Fixa são mais indicados para investidores iniciantes, que não querem correr riscos com seu dinheiro. Apesar da vantagem de ter um risco mínimo e maior previsibilidade de retorno, esse tipo de ativo tem menor rentabilidade quando comparado à Renda Variável.

Os títulos públicos, CDBs, LCIs/LCAs e LCs são boas opções para quem está começando no mundo dos investimentos. Já para investidores mais experientes, ações, fundos imobiliários, ETFs e câmbio são alternativas que geram bons rendimentos, mas possuem altos riscos.

Quais são os tipos de ativos financeiros

De forma geral, os ativos financeiros são divididos em três grupos. Cada um pode atender um perfil diferente de investidor. Confira:

Ativos de geração de renda

Os ativos de geração de renda, como o nome já diz, garante uma fonte de renda constante ao investidor, que pode ser: dividendos, pagamentos de aluguel, juros, dentre outras opções. Sua principal característica é a rentabilidade, que pode compensar as possíveis flutuações de valores. Nessa modalidade, você pode investir em fundos imobiliários e ações.

Ativos de reserva financeira

Já os ativos de reserva financeira têm como foco a proteção do dinheiro aplicado. Esse tipo de aplicação é ideal para investidores que desejam aplicar o dinheiro com mais segurança e poupar.

Eles são conhecidos por oferecerem risco mínimo mas, em contrapartida, também têm um rendimento menor. Dentre os principais ativos financeiros estão: poupança, CDBs e Tesouro Selic.

Para criar uma reserva de emergência você deve optar por títulos que podem ser resgatados a qualquer momento, sem perda de capital. Portanto, os mais indicados são os ativos de liquidez diária, que rendem todos os dias e, quando o valor for resgatado antes do prazo, você não perde os juros que renderam.

Ativos de crescimento

Os ativos de crescimento são aqueles que possuem um maior prazo e, como consequência, também são mais rentáveis. Eles oferecem mais riscos para o investidor, já que os valores oscilam muito. Por isso, esses títulos são recomendados para quem tem tolerância ao risco.

Descomplicamos?

E agora, deu para entender o que são ativos financeiros e como eles são importantes na sua vida financeira? Que tal usar esse conhecimento para começar a investir hoje mesmo? Confira algumas dicas que separamos para você:

Deixe seu comentário contando em quais ativos mais combinam com o seu perfil. Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Thais Souza

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos relacionados a investimentos e empréstimos e acredita que esse tipo de conhecimento pode mudar a vida das pessoas. Busca impactar a vida dos usuários que buscam resolver um problema ou conhecer melhor um produto ou serviço financeiro.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Descubra quais bancos oferecem CDB a 110% do CDI com liquidez de 3 meses

Fundos imobiliários: saiba como investir pelo Nubank

Tag along: saiba o que é esse mecanismo do mercado de ações

O que é CDB com liquidez diária? Descubra agora mesmo

NFT: como comprar o token não fungível?

O que é Ethereum (ETH) e como funciona?

Limite de até R$ 25 mil: conheça o CDB Cartão de Crédito do C6 Bank

Saiba quanto rende R$ 10 mil por mês no PicPay