Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Bilhete Único Mensal: Como Funciona?

Por Thais SouzaPublicado em

Muitas vezes, na correria das grandes cidades, os moradores acabam tendo que pegar vários meios de transporte para chegar ao trabalho e isso acaba pesando no bolso dos trabalhadores. Penando nisso, foi criado o bilhete único mensal.

Foto do interior de um ônibus de transporte coletivo. Uma catraca com aparelho que reconhece cartão.

O que é o bilhete único mensal?

O Bilhete Único Mensal é um serviço oferecido pela SPTrans para os moradores da cidade de São Paulo, com o intuito de trazer mais praticidade e economia. Ele serve para armazenar créditos para o pagamento de tarifas no serviço de transporte coletivo de passageiros. Neste artigo vamos falar um pouco mais sobre o Bilhete Único Mensal e como ele funciona.

Como adquirir o bilhete único mensal?

Você pode adquirir o seu cartão no site da SPTrans. Para isso basta criar o seu cadastro preenchendo seus dados como: RG, CPF, CEP e uma foto digitalizada de tamanho 3×4 com fundo neutro. Após o preenchimento do seu cadastro vá até um dos postos de atendimento mais próximo de você para recarregar e retirar o seu cartão.

Você também pode recarregá-lo nas lojas físicas ou em pontos de venda de crédito como: bancas de jornal. mercados e padarias.

Bilhete único integrado

Consulte seu CPF grátis e receba as melhores ofertas!

Mais de 300 opções entre cartões de crédito, contas e empréstimos.

Consultar CPF grátis
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

O bilhete único integrado é muito vantajoso para pessoas que usam dois tipos de meio de transporte, permitindo que o usuário utilize metrô e ônibus pelo valor de R$ 338 mensais com um limite de 10 embarques por dia, por 30 dias corridos.

Caso o usuário queira apenas um dos serviços (metrô ou ônibus) a mensalidade é de R$ 213,80.

O cartão possibilita que você coloque créditos Comum, de Estudante e Vale-Transporte (ônibus e micro-ônibus), Metrô e CPTM, tudo no mesmo lugar.

Dica

Calcule o número de viagens que você faz durante o mês, e caso esse número seja menor que o oferecido pelo bilhete mensal, talvez compense fazer apenas o bilhete único comum, que é pago diariamente.

Se você já utiliza o serviço de bilhete único mensal, conte para nós sobre a sua experiência.

Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Thais Souza

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos relacionados a investimentos e empréstimos e acredita que esse tipo de conhecimento pode mudar a vida das pessoas. Busca impactar a vida dos usuários que buscam resolver um problema ou conhecer melhor um produto ou serviço financeiro.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Agência 3880 da Caixa: o que é, Onde Fica e Qual o Telefone?

Isenção de Imposto de Renda: Como Funciona?

Permuta: Significado, Exemplos e Como Fazer

Adesivo para Cartão de Crédito: Veja Como Funciona

Índices de Reajuste de Aluguel: IGP-M ou IPCA?

Barra de Ouro Vale Mais que Dinheiro? Veja Quanto Custa

Banco do Brasil: Como Emitir 2ª via da Fatura do Cartão?

Dataprev: Como Consultar Calendário do Auxílio Emergencial