Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Bolsa Família bloqueado no Caixa Tem? Saiba como resolver o problema

Por Thais SouzaPublicado em

Alguns beneficiários do Bolsa Família estão enfrentando problemas com o valor das parcelas bloqueado no aplicativo Caixa Tem, o que impede a movimentação do benefício. Saiba quais os principais motivos para isso acontecer e veja como resolver o problema.

Por que o Bolsa Família está bloqueado no Caixa Tem?

Com o Bolsa Família bloqueado no Caixa Tem, os usuários não conseguem movimentar suas parcelas pela internet. Segundo a Caixa Econômica Federal, esse problema pode acontecer quando o usuário acessa múltiplas contas em um só dispositivo eletrônico.

Além disso, há um segundo problema onde o usuário tenta acessar o aplicativo Caixa Tem e aparece a mensagem de que outra conta já foi registrada com aquele e-mail.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Como uma forma de segurança, quando isso acontece a Caixa bloqueia as movimentações online do Bolsa Família no aplicativo Caixa Tem. Para resolver o problema, o usuário deverá ir até uma das agências da Caixa e falar diretamente com um atendente.

Para fazer o debloqueio você terá que comprovar a legitimidade de sua poupança social digital, portanto, esteja com seu CPF, RG e, de preferência, o cartão Bolsa Família em mãos. Se mesmo após comparecer à agência o problema não for resolvido, procure o setor responsável pelo Bolsa Família no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) ou Prefeitura de sua cidade para verificar por que não recebeu o benefício.

Mas se o problema for relacionado a uma inconsistência no cadastro, o problema pode ser resolvido pelo seu celular. Basta entrar no Caixa Tem e clicar em "Liberar acesso". Depois envie toda a documentação que será solicitada e siga as instruções da tela para liberar seu benefício.

Atualização Caixa Tem

Outro fator importante para impedir erros e bloqueios dos seus benefícios é sempre atualizar os seus dados no App Caixa Tem. Para isso o usuário deverá entrar no App (Android e iOS) e ir até a conversa "Atualize seu cadastro", na página inicial. Lá ele encontrará todas as orientações para as próximas etapas do processo.

Será necessário o envio de uma selfie, uma foto do RG ou CNH e, em alguns casos, pode ser solicitado um comprovante de residência. A análise dos documentos do Caixa Tem dura 24 horas.

Quem tem direito ao Bolsa Família?

  • Famílias extremamente pobres que têm renda mensal de até R$ 89 por pessoa;
  • Famílias pobres que têm renda mensal entre R$ 89,01 e R$ 178 por pessoa;
  • Famílias pobres participam do programa, desde que tenham em sua composição gestantes e crianças ou adolescentes entre zero e 17 anos.

Leia também

No blog da Foregon você confere esses e outros conteúdos relacionados para ficar por dentro de todas as novidades em primeira mão. Aproveite e leia também:

Se este artigo te ajudou de alguma forma, não esqueça de deixar o seu like e compartilhar com seus amigos e parentes. Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Thais Souza

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos relacionados a investimentos e empréstimos e acredita que esse tipo de conhecimento pode mudar a vida das pessoas. Busca impactar a vida dos usuários que buscam resolver um problema ou conhecer melhor um produto ou serviço financeiro.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Aneel suspende corte de luz de famílias de baixa renda até setembro; entenda

Zoom: compre produtos na plataforma e ganhe até 7% de cashback

Banco digital: Volkswagen conta com nova modalidade voltada a caminhoneiros

Banco Central pretende lançar sistema que facilita devolução de dinheiro

INSS: prova de vida volta a ser obrigatória; confira os prazos

Confira 21 opções de sites de emprego para quem está em busca de uma vaga

Crédito: Serasa muda cálculo do score; confira como fica

Grupo Decolar passa a oferecer empréstimo pessoal de até R$ 25 mil