Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos

Calculadora de tarifas da Foregon: aprenda a usar na prática

Por Janaína TavaresPublicado em

As tarifas bancárias são um dos assuntos que mais podem gerar dúvidas de quem possui um cartão de crédito. Sendo assim, é muito importante saber pelo o que você está pagando e entender se esse tipo de cobrança está de acordo com as suas necessidades financeiras. Por isso, neste artigo, vamos te ensinar a usar a calculadora de tarifas da Foregon.

Como funciona uma calculadora de tarifas?

Antes de conhecer mais detalhes sobre a calculadora de tarifas da Foregon, é fundamental compreender que a cobrança de tarifas é regulamentada pelo Conselho Monetário Nacional e pelo Banco Central desde 2008.

Calculadora de tarifas
Sobre sua conta no banco:
Valor gasto na mensalidade da sua conta
Você tem algum cartão de crédito?
Quanto você gasta com a mensalidade do seu cartão de crédito?
Você usa TED ou DOC?
Sobre suas transferências:
Quase lá!Deixe o seu e-mail para saber seu resultado e receber mais dicas de como economizar o seu dinheiro.
Ao continuar você aceita nossos termos de uso e política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

Dessa forma, os consumidores brasileiros têm a oportunidade de comparar as tarifas dos bancos e instituições financeiras para escolher o melhor produto financeiro que atende o perfil de cada um.

Tendo isso em mente, uma ferramenta que calcula suas tarifas bancárias se torna extremamente eficaz. Isso porque, com ela, você consegue identificar como têm sido os seus gastos com as tarifas e ainda tem a chance de receber dicas de como economizar o seu dinheiro.

Como usar a calculadora de tarifas da Foregon?

A calculadora de tarifas da Foregon é um serviço 100% online e gratuito que pode ajudar você de maneira significativa a ter um controle mais eficiente a respeito das tarifas do seu cartão de crédito ou conta corrente.

Para usá-la é muito simples, já que você faz tudo de maneira bem rápida e sem a necessidade de informar diversos dados. Veja, logo abaixo, como utilizar a calculadora de tarifas da Foregon na prática:

  1. No primeiro campo da calculadora de tarifas, informe qual é o seu banco principal dentre as 22 opções que vão aparecer;
  2. Ao lado desse campo, digite o valor gasto na mensalidade da sua conta corrente;
  3. Logo em seguida, clique em "Sim" ou "Não" na pergunta "Você tem algum cartão de crédito?";
  4. Depois, coloque quanto você gasta com a mensalidade do seu cartão de crédito;
  5. Se você usa TED ou DOC, opte por "Sim". Caso o contrário, toque em "Não";
  6. Agora será preciso informar quantas transferências você faz, além de inserir o valor que paga por cada uma delas;
  7. Deixe seu e-mail principal no último campo e depois clique em "Ver resultado";
  8. Pronto! A calculadora de tarifas da Foregon vai mostrar se você tem gastado pouco ou muito quando o assunto é tarifas bancárias.

Você sabe o que são tarifas bancárias?

Independentemente do resultado apontado pela calculadora de tarifas da Foregon, você pode se aprofundar mais neste universo das tarifas bancárias para ter cada vez mais autoridade nesse assunto e ver como elas podem impactar nas suas finanças pessoais.

Portanto, as tarifas são os custos que o cliente precisa pagar pelos serviços contratados de um banco ou instituição financeira, ou seja, saques, transferências TED e DOC, emissão de folhas de cheque, dentre outras.

Cabe dizer ainda que as cobranças não podem ser feitas sem a aprovação do cliente. Por isso, é necessário ler com muita atenção e calma os contratos físicos ou digitais para não ter qualquer tipo de frustração no futuro.

Existe diferença entre tarifas e taxas?

  • Tarifas: são os custos opcionais;
  • Taxas: são os custos obrigatórios, por exemplo, juros do cartão de crédito.

Observação: a mensalidade da sua conta não é uma tarifa, e sim um pacote de serviços contratado por você.

Conheça as principais tarifas bancárias

  • Emissão de segunda do cartão, em casos de perda, roubo ou furto;
  • Seguro do cartão, que protege o cliente contra alguns prejuízos, desde que ele pague um valor estipulado todo mês;
  • Emissão de folhas de cheque que vai além do que foi contratado no pacote de serviços;
  • Saques que vão além daqueles que estão inclusos no pacote de serviços contratado;
  •  Impressão de extratos que vão além da quantidade contratada no pacote de serviços;
  • Transferências para contas do mesmo banco, exceto DOC e TED, que vão além da quantidade contratada no pacote de serviços;
  • Transferências para contas de bancos diferentes por meio de TED e DOC, que vão além da quantidade contratada no pacote de serviços.

Importante: o seu banco pode aumentar o valor das tarifas. No entanto, ele precisa comunicar esse aumento com antecedência (45 dias para tarifas do cartão de crédito e 30 dias para os demais serviços).

Quais são as tarifas do seu cartão de crédito?

No geral, as tarifas mais comuns que um cartão de crédito pode ter são as seguintes:

  • Anuidade do cartão de crédito;
  • Solicitação da segunda via do cartão;
  • Retirada em espécie nos canais de atendimento do banco (agência ou em caixa eletrônico, seja no país ou no exterior);
  • Pagamento de contas, como faturas e boletos de cobranças;
  • Pedido de avaliação emergencial do limite de crédito.

Como não pagar tantas tarifas bancárias?

Para ter um controle mais rigoroso do que você pagando, o primeiro passo é usar a calculadora de tarifas para analisar se os gastos estão dentro do esperado ou se eles estão prejudicando sua vida financeira.

Ao saber disso, analise o seu atual pacote de serviços e veja se vale a pena trocar por um mais simples.

Contudo, se você perceber que precisa de mais serviços além do que já está contratado, considere um pacote mais caro porque ele será mais vantajoso para suas necessidades.

Conteúdos que você precisa conhecer

Agora que você já sabe como usar a calculadora de tarifas da Foregon e entende mais a respeito do universo das tarifas bancárias, selecionamos alguns artigos que podem ser úteis para você nesse momento:

Descomplicamos?

Gostou do nosso conteúdo? Depois, não esqueça de contar pra gente como foi sua experiência ao utilizar a calculadora de tarifas da Foregon. Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Janaína Tavares

Jornalista e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, a Janaína (ou Jana). Como redatora, ama os conteúdos sobre dicas financeiras. Preza pela checagem de todas as informações e o conteúdo perfeito para ela, é aquele que ajuda o leitor a resolver um problema, ensinando e orientando o leitor a tomar a melhor decisão.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Algar Telecom: conheça os diferentes planos de celular

Placa Mercosul: como é o emplacamento em outros países e quais as diferenças

Como colocar a nova placa Mercosul?

Hotmart Pocket: dúvidas frequentes

Placa Mercosul: dúvidas frequentes

Saiba o que mudou no projeto das placas do Mercosul e tire suas dúvidas

Placas Mercosul: conheça seu histórico e os preços em cada estado

Banco digital ou banco tradicional: qual o melhor?