Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Como as fintechs revolucionaram o mercado financeiro?

Por a55Publicado em

Fintech é um termo que nasceu da união das palavras "finanças" ("fin") e tecnologia ("tech"). Este tipo de empresa surgiu para suprir a necessidade de acompanhar as mudanças na tecnologia, economia e também no estilo de vida das pessoas. Como os modelos tradicionais já não atendiam satisfatoriamente os clientes, as fintechs se popularizaram rapidamente, oferecendo atendimento diferenciado e mais praticidade.

Mas não se trata só disso: as fintechs têm revolucionado o mercado financeiro com seus serviços modernos e inovadores. Neste artigo você conhecerá alguns dos principais motivos dessas mudanças de paradigma.

Afinal, o que é uma fintech?

Pode parecer algo complexo, mas é fácil entender: fintechs são empresas de tecnologia financeira que investem em inovação e que utilizam as novas tecnologias da informação, aplicações móveis ou big data para renovar a forma de compreender e prestar serviços financeiros.

As fintechs têm um modelo de negócios mais enxuto, com custos mais baixos e utilizando oportunidades que o ambiente digital oferece. Isso permite a disponibilização de produtos e serviços com taxas mais competitivas e também a criação de soluções inovadoras desvinculadas das rotinas complexas dos bancos.

Tipos de Fintech

Hoje em dia, existem startups Fintech em diversos segmentos, como por exemplo:

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

– Investimento

Empresa que usa a tecnologia para proporcionar investimentos mais rentáveis e menos burocráticos.

– Gestão Financeira

Estas fintechs reúnem serviços para simplificar contas. Podem ajudar na gestão de empresas, com ferramentas de controle fiscal, folha de pagamento, faturamento e contabilidade, por exemplo.

– Pagamentos

Simplificam o processo de compra e venda. Há empresas, por exemplo, que oferecem máquinas de cartão sem cobrar a taxa de aluguel. Outras se destacam com cartões de crédito, débito e pré-pago.

– Seguros

Fintechs com ferramentas que comparam valores e serviços das corretoras com rapidez.

Crowdfunding

Levantam recursos de forma coletiva e são usados para captar investimento em causas sociais, projetos culturais e novos empreendimentos.

– Eficiência Financeira

Fintechs que verificam identidade de usuários, protegem transações financeiras e previnem fraudes.

– Negociação de Dívidas

Aproximam quem precisa e quem empresta dinheiro, podendo ir de plataformas de microfinanciamento até serviços de renegociação de dívidas. Como estas fintechs não possuem autorização do Banco Central para fazer empréstimos, precisam estar necessariamente associadas a um banco ou financeira para operar.

Qual a diferença entre Fintechs e Bancos tradicionais?

A maior diferença está ligada à origem e ao funcionamento de cada um. As startups financeiras surgiram para solucionar problemas em comum utilizando tecnologia e inovação. Já os grandes bancos tradicionais surgiram em meados dos anos 80, começando a se modernizar há pouco tempo.

As fintechs não possuem agências físicas, o que permite a realização de transações digitalmente com atendimento online. Hoje em dia, os bancos também possuem aplicativos e usam cada vez mais tecnologia, mas algumas operações ainda precisam ser feitas presencialmente.

As fintechs também são reconhecidas por serem mais transparentes e pensarem mais na experiência do cliente. Isso tudo evidencia que na sociedade atual, com a tecnologia em alta, as fintechs trazem novas tendências para o setor financeiro que inspiram uma mudança no modelo de finanças tradicional,

O que fica claro com tudo isso é que, em uma sociedade cada vez mais tecnológica e com um ritmo acelerado, as fintechs vieram para ditar tendências ao setor financeiro e mudar o modelo de finanças tradicional. A experiência do usuário e a praticidade dos processos é um dos pontos principais deste novo modelo, além de apostar em inovação e tecnologia para facilitar cada vez mais a vida dos empreendedores e clientes.

Como a a55 pode te ajudar?

Muitas empresas têm necessidade de financiamento para apoiar sua jornada de crescimento. Existem diversas linhas de crédito no mercado e as fintechs, como a a55, são ótimas alternativas para as empresas da nova economia. Nossa missão é ajudar a sua empresa a crescer!

Com um processo 100% online, justo e transparente, já financiamos mais de 250 empresas no Brasil e no México.

Solicite uma linha e vamos crescer juntos!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
a55

Fundada em 2017 por Hugo Mathecowitsh e André Wetter, a a55 é a primeira Fintech brasileira especializada em empréstimo para empresas da nova economia. Já desembolsamos mais de 150 milhões de reais, que aceleraram mais de 150 empresas no Brasil e no México. A a55 nasceu para ajudar a viabilizar o crescimento das empresas da nova economia através de um conjunto de ferramentas de gestão inteligente baseadas em análise de dados aliadas a soluções financeiras integradas. Somos a primeira Fintech na América Latina a disponibilizar financiamentos com base em dados e na previsibilidade do seu faturamento, tendo a receita futura como garantia.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Entenda o novo RG digital

Auxílio Brasil de R$ 600: confira o calendário de pagamentos em agosto

Auxílio Brasil de R$ 600: confira as mudanças no calendário de pagamentos

Horário bancário: confira o funcionamento dos bancos

Calendário PIS/PASEP 2022: quando sacar meu Abono Salarial?

BC pode dar fim aos cartões de crédito sem anuidade

Credicard muda para iti: confira as principais atualizações

PicPay: saiba como conseguir até 10% de cashback comprando crédito iFood