Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Como calcular o valor do imóvel com base no IPTU?

Por Jennifer FigueiredoPublicado em

Encerrado o primeiro trimestre do ano, é provável que já tenha recebido o carnê do IPTU da sua casa. Nele, constam informações importantes como o nome do contribuinte, ou seja, o proprietário dos imóveis e o valor da propriedade, junto com o total do imposto cobrado pelo bem. Você sabe como calcular o valor venal do imóvel com base no IPTU? Acompanhe tudo neste artigo.

Entenda o que é o valor venal de imóveis

O valor venal de um imóvel é uma quantia estabelecida pelo Poder Público, com a finalidade de servir como base de cálculo para a aplicação de impostos como o IPTU, sigla para Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana e ITBI (Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis).

Seu cálculo é feito a partir de vários fatores, considerando a região em que a propriedade está localizada, a idade do prédio, modificações, reformas e outros parâmetros previstos em lei. O resultado dessas variáveis geralmente não se aproxima ao valor real do imóvel.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Como calcular o valor venal do imóvel no IPTU?

Para entender como o valor venal de imóveis é calculado e posteriormente informado no IPTU, é utilizada a seguinte fórmula: V = A x VR x I x P x TR.

  • V valor venal do imóvel;
  • A – área do terreno ou edificação;
  • VR – valor unitário padrão residencial de imóveis próximos;
  • I – idade do imóvel;
  • P – posição do imóvel na região;
  • TR – tipologia residencial ou características da construção construtivas (modificações, reformas, etre outros.).

A partir dessa conta, é possível chegar ao valor venal estimado, abaixo do valor de mercado.

Qual a diferença entre valor venal e valor de mercado?

Esclarecido que o valor venal e de mercado sobre um imóvel não são a mesma coisa, é possível entender as diferenças entre os dois:

  • Valor de mercado: o preço pelo qual os imóveis podem ser vendidos. Para chegar nesse montante, são levados em conta fatores mais subjetivos, que ficam à critério das negociações entre vendedor e comprador;
  • Valor venal: preço estimado dos imóveis para compra e venda em uma transação à vista, após a análise feita pelo Poder Público, ou seja, a prefeitura de sua cidade. É sob esse valor que são calculados os impostos do IPTU.

Impostos descomplicados

Impostos podem dar dores de cabeça com prazos, taxas e parcelamentos. Mas o fato é que são obrigações que o cidadão deve cumprir para ficar em dia com a Receita. Confira os conteúdos que selecionamos sobre compromissos importantes que devem ser realizados durante o ano:

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Jennifer Figueiredo

Graduanda em Jornalismo pela Universidade do Oeste Paulista e Redatora na Foregon, gosta de falar sobre os produtos financeiros que oferecem as melhores vantagens. Nas horas vagas, procura a companhia de amigos para descontrair.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Digio estreia no Apple Pay: veja como ativar

Aplicativos colaborativos: conheça 4 Apps que podem facilitar a sua vida

Oportunidade: 24 empresas abrem vagas de emprego, estágio e trainee

Oportunidade: estão abertas cerca de 3 mil vagas de emprego e estágio

Nubank finalmente chega ao Apple Pay: veja como cadastrar e utilizar

Tem mais de um cartão de crédito? Saiba como controlar as suas finanças

Como ser um motorista de aplicativo 5 estrelas?

E-commerce: 6 erros mais comuns ao vender pelas redes sociais